Pâmela Maidana

A Sul Doce vai contar com diversas atrações temáticas neste sábado

Para celebrar Halloween, loja faz drive-thru de doces em Porto Alegre

Pâmela Maidana

A Sul Doce vai contar com diversas atrações temáticas neste sábado

Com o Halloween se aproximando, muitas pessoas acabam entrando no espírito da data norte-americana. Tradicionalmente, as crianças se fantasiam e pedem doces. Neste ano, por conta da pandemia do coronavírus, as comemorações tiveram que ser adaptadas, mas não passarão em branco. A loja Sul Doce, na avenida Otto Niemeyer, nº 2.592, na Zona Sul de Porto Alegre, vai fazer um drive-thru neste sábado, dia 31.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Com o Halloween se aproximando, muitas pessoas acabam entrando no espírito da data norte-americana. Tradicionalmente, as crianças se fantasiam e pedem doces. Neste ano, por conta da pandemia do coronavírus, as comemorações tiveram que ser adaptadas, mas não passarão em branco. A loja Sul Doce, na avenida Otto Niemeyer, nº 2.592, na Zona Sul de Porto Alegre, vai fazer um drive-thru neste sábado, dia 31.
Uma das administradoras da loja, Mariane Gueiral Rehm, 35 anos, diz que ideia surgiu da parceria que a Sul Doce fez com outras lojas para o Dia das Crianças deste ano. “Junto com a Caixa Ateliê e a Caramelle Brinquedos, duas empresas também aqui da Zona Sul, criamos um dia de festa e magia, mesmo que adaptados às restrições impostas pela prevenção à Covid-19.”
Agora, a loja vai contar com decoração temática e música das 9h às 17h. “O drive-thru acontecerá no estacionamento da loja. Estaremos com as meninas da Caramelle Brinquedos com decoração, brinquedos e fantasia. As da Caixa Ateliê criaram um kit personalizado e temático para o Halloween, com atividades lúdicas, que custa R$ 44,90. As encomendas são feitas previamente e na tarde elas vão ser entregues aqui na loja”, pontua Mariane. Durante o dia, a Sul Doce vai contar com bruxas e pernas de pau para animar o evento, e as crianças que forem fantasiadas vão receber uma surpresa.
A Sul Doce atua há 40 anos no mercado. Hoje, a empresa é administrada pela segunda geração da família. Entre eles, os irmãos Mariane, Leonardo, 33, e Bruna, 32. A pandemia do coronavírus começou próximo da Páscoa e, segundo Mariane, foi um momento muito desafiador pois a o feriado é o carro chefe da loja. “Tem sido um ano de muito desafio e muito crescimento para a Sul Doce. Pouco antes da quarentena começar em Porto Alegre, já tínhamos implementado o WhatsApp Business. Com a quarentena, só reforçamos os nossos canais de atendimento online. Trabalhamos bastante com WhatsApp, com as nossas redes sociais e, em março, foi implementado o nosso site, onde fazemos atendimento dos clientes e vendas”, diz Mariane. 
Para Sul Doce, o 2020 está sendo também de reposicionar a marca. “Hoje nós estamos nos reposicionando como uma distribuidora, atendendo as frentes de doces e guloseimas, que já tradicional, mas especialmente a linha de confeitaria, que cada vez mais têm aumentado no nosso mix de produtos. A outra frente que abrimos durante essa quarentena, foi a linha de embalagens”, pontua Mariane.
Pâmela Maidana

Pâmela Maidana - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Pâmela Maidana

Pâmela Maidana - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário