Empreendedores de todo o país podem participar do Amcham Arena

Concurso vai ajudar startups e grandes corporações a se conectarem na pandemia


Empreendedores de todo o país podem participar do Amcham Arena

Em meio a pandemia do coronavírus, conquistar um grande cliente é o sonho da maioria dos empreendedores, especialmente, dos pequenos negócios inovadores e estreantes no mercado. Para ajudar as startups brasileiras a conquistar networking comercial com grandes compradores e vencer também sua primeira grande crise, a Câmara Americana de Comércio abriu inscrições para o Amcham Arena, competição nacional que conecta multinacionais a soluções e inspirações que revolucionem seus negócios, mantendo assim o espírito de inovação vivo no mercado brasileiro. A inscrição no Arena é gratuita e abrange startups de todo o território brasileiro. O formulário para participar está disponível no site até o dia 02 de agosto.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Em meio a pandemia do coronavírus, conquistar um grande cliente é o sonho da maioria dos empreendedores, especialmente, dos pequenos negócios inovadores e estreantes no mercado. Para ajudar as startups brasileiras a conquistar networking comercial com grandes compradores e vencer também sua primeira grande crise, a Câmara Americana de Comércio abriu inscrições para o Amcham Arena, competição nacional que conecta multinacionais a soluções e inspirações que revolucionem seus negócios, mantendo assim o espírito de inovação vivo no mercado brasileiro. A inscrição no Arena é gratuita e abrange startups de todo o território brasileiro. O formulário para participar está disponível no site até o dia 02 de agosto.
O Amcham Arena é um concurso gratuito e aberto a participação de startups em estágio operacional, ou seja, com produtos e serviços já em circulação. Empreendedores de todo o país podem participar, além das cidades em que estamos presentes fisicamente (Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Joinville, Goiânia, Salvador, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, São Paulo e Uberlândia). de todo o território brasileiro. 
“Ter visibilidade com grandes empresas já era o maior desafio de 65% das startups brasileiras no final do ano passado. O isolamento comercial potencializou ainda mais essa dificuldade de interação de ecossistemas, especialmente, para as startups que estão enfrentando sua primeira grande crise. Enquanto isso, do outro lado da pandemia econômica, temos grandes corporações perdidas em busca de inovações e ferramentas tecnológicas das mais variadas funcionalidades. O Arena conecta esses dois mundos – gerando uma interação direta entre grandes executivos e lideranças de startups de todos os segmentos e cantos do país”, explica a CEO da Amcham Brasil, Deborah Vieitas, entidade que reúne mais cinco mil empresas associadas em todo o país e 800 startups já mapeadas no projeto.
Para Marcelo Rodrigues, superintendente regional da Amcham, ser digital neste momento, ainda mais frente à um projeto de sucesso, como é o caso do Arena, é um desafio vencido. “Para 7 em cada 10 dos empresários associados, o grande desafio empresarial do momento é na área comercial, e para as startups não é diferente. Digitalizamos o Amcham Arena para se adaptar à nova realidade e facilitar a conexão das startups gaúchas com todo o mercado brasileiro. Nesse novo mercado, distâncias geográficas importam menos, e com esse projeto queremos ser o canal digital que permite o crescimento das conexões empresariais das startups com o mundo corporativo. Na final regional de 2019 a vencedora foi a Elysios Agricultura Inteligente, que desenvolve soluções para rastreabilidade, comunicação e integração de pequenos e médios produtores agrícolas.
Uma das novidades neste ano é a abertura de votação das melhores startups para associados da Amcham. Com mais de 5 mil empresas associadas e 90 mil executivos em sua base, as avaliações são mais uma oportunidade para aproximar negócios mais consolidados das startups. A nota dos executivos ajudará a eleger quem são os empreendedores que vão prosseguir na competição.
As startups serão avaliadas através da plataforma por nossa base de associados (mais de 90 mil empresários) e banca de especialistas, composta por jurados de grandes empresas. A nota dos jurados (75%) será somada ao do público (25%). As startups com melhor avaliação participarão de um evento para networking e apresentação de seus negócios para convidados especiais.
Em setembro, acontecem as finais locais por SEGMENTO de atuação. Serão realizadas oito finais temáticas por segmento: Finanças; Cadeia do Varejo; Cadeia da Indústria; saúde e bem estar; Agrobusiness, meio ambiente e sustentabilidade; construbusiness, mobilidade e smart cities; serviços; e GovTech. Em paralelo, acontecem as finais locais por Regional, ou seja, as cinco melhores startups de cada cidade de atuação da Amcham, escolhidas pelo voto popular.
Escolhidos esses vencedores, as campeãs por regional e por segmento de atuação irão para a semifinal nacional. As seis melhores notas classificarão as startups que seguem para a final nacional, que acontecerá via evento digital e que escolherá o grande vencedor.
Para mais informações, entre em contato no e-mail arena@amchambrasil.com.br

Deixe um comentário