Isadora Jacoby

A primeira unidade do sistema de franchising da marca estima faturar R$ 2,5 milhões em seu primeiro ano de operação

Osso Craft Bar abre franquia no bairro Bom Fim

Isadora Jacoby

A primeira unidade do sistema de franchising da marca estima faturar R$ 2,5 milhões em seu primeiro ano de operação

Em funcionamento há dois anos no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, o Osso Craft Bar, espaço focado em carnes e cervejas, abriu sua primeira franquia. Localizada na rua Ramiro Barcelos, nº 1374, a nova unidade mantém a identidade da marca e agrega novas opções ao cardápio. Entrar no ramo do franchising era, segundo o sócio Tiago Martins Gomes, 37 anos, um desejo desde o início do projeto. "Começamos, já nos primeiros meses, a conversar para iniciar as franquias. Contratamos uma empresa especializada para fazer a expansão", conta Tiago que toca a matriz do negócio (rua Gen. Lima e Silva nº 948) com os sócios Victor Bender, 34, André Damiani, 36 e Rafael Favero, 35. 

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Em funcionamento há dois anos no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, o Osso Craft Bar, espaço focado em carnes e cervejas, abriu sua primeira franquia. Localizada na rua Ramiro Barcelos, nº 1374, a nova unidade mantém a identidade da marca e agrega novas opções ao cardápio. Entrar no ramo do franchising era, segundo o sócio Tiago Martins Gomes, 37 anos, um desejo desde o início do projeto. "Começamos, já nos primeiros meses, a conversar para iniciar as franquias. Contratamos uma empresa especializada para fazer a expansão", conta Tiago que toca a matriz do negócio (rua Gen. Lima e Silva nº 948) com os sócios Victor Bender, 34, André Damiani, 36 e Rafael Favero, 35. 
No momento de expandir, o grupo procurou os amigos e, até então, donos do restaurante tailandês Mao Sut para abrir a primeira unidade da franquia. "Já estávamos há seis anos com o Mao Sut e não estava mais dando o retorno esperado. Estávamos procurando alternativas de negócios. Como somos amigos há muitos anos, acabamos conversando e concluímos que a melhor maneira era eles expandirem e nós nos tornarmos a primeira franquia", explica Guilherme Meneghetti, 32, sócio junto com Matheus Wiedmann, 31, Igor Salbego, 32 e Carlos Caloghero, 37, da unidade inaugurada no final de novembro no bairro Bom Fim.
ALEXANDRO AULER/JC
O investimento na franquia e na repaginação do espaço foi de R$ 350 mil, valor que o grupo estima recuperar em doze meses de operação. Para Guilherme, o negócio uniu a necessidade de aproveitar melhor o espaço e, também, atender ao público excedente da matriz. "O que eles reclamavam da Cidade Baixa é que tinham bastante movimento, mas não espaço físico suficiente para acomodar o pessoal. Como aqui o que a gente tinha era espaço físico, resolvemos adotar a franquia", conta. 
Nos 530 metros quadrados, há um pátio externo com deck e mesas onde animais de estimação são bem-vindos. Além disso, na entrada, há um bicicletário para quem preferir chegar pedalando até o espaço. Mesmo que a especialidade da casa seja a carne, o cardápio conta com opções vegetarianas. O novo Osso tem 25 torneiras de chope, 13 a mais que a matriz na Cidade Baixa. "Como é um ambiente muito maior, colocamos alguns itens a mais no cardápio daqui. Se formos para outros estados, a ideia é agregar pratos mais regionais", pontua Victor. O grupo deseja, em breve, levar a marca para outras cidades, começando pela região metropolitana da Capital. "Pensamos em começar pelo Vale do Sinos. Como em Porto Alegre já tem duas, pensamos em abrir só mais uma unidade na Zona Norte ou na Zona Sul", revela Tiago. 
A primeira franquia do Osso tem expectativa de faturar R$ 2,5 milhões em seu primeiro ano de funcionamento. Em pouco mais de um mês de operação, os sócios estão positivos com a meta. "Até agora, tem sido sucesso total. Estávamos bem otimistas e, mesmo assim, dezembro superou as nossas expectativas", comemora Guilherme. 
ALEXANDRO AULER/JC
Isadora Jacoby

Isadora Jacoby - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Isadora Jacoby

Isadora Jacoby - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário