Isadora Jacoby

A Personalize Balões tem mais de 800 tipos diferentes do produto entre metálicos e de látex

Abre em Porto Alegre loja de balões que pretende ser a maior do Brasil

Isadora Jacoby

A Personalize Balões tem mais de 800 tipos diferentes do produto entre metálicos e de látex

Atenta a uma demanda de mercado, Daiana Dias, 37 anos, abriu, há cerca de um mês, em Porto Alegre, uma loja especializada em balões. Proprietária de uma operação de artigos para festas na avenida Assis Brasil, a empreendedora conta que, nos últimos anos, o item caiu no gosto da clientela, tornando-se responsável por 50% do faturamento e ocupando a mesma proporção nas prateleiras. Sendo assim, ela e seu sócio, Eduardo Rossoni, inauguraram, na avenida Félix da Cunha, nº 522, a Personalize Balões

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Atenta a uma demanda de mercado, Daiana Dias, 37 anos, abriu, há cerca de um mês, em Porto Alegre, uma loja especializada em balões. Proprietária de uma operação de artigos para festas na avenida Assis Brasil, a empreendedora conta que, nos últimos anos, o item caiu no gosto da clientela, tornando-se responsável por 50% do faturamento e ocupando a mesma proporção nas prateleiras. Sendo assim, ela e seu sócio, Eduardo Rossoni, inauguraram, na avenida Félix da Cunha, nº 522, a Personalize Balões
Com dinossauros, astronautas, anel de noivado, espumante, frutas, os metálicos, comumente enchidos com gás hélio, somam mais de 40 mil unidades e custam de R$ 6,50 a R$ 399,00. "Tudo depende da necessidade do cliente", diz Daiana. O espaço também possui uma mesa que reúne 320 cores e modelos de balões de látex, que vão de R$ 1,00 a R$ 7,00 a unidade. 
LUIZA PRADO/JC
Segundo Daiana, a Peronalize Balões nasceu para atender, primeiramente, mães e pais na hora da organização das celebrações infantis. "Hoje, o Pinterest te leva além, porém não se encontra tudo aquilo. A nossa loja vem para atender o público que está fazendo formaturas, festas de 15 anos, aniversários e que conseguem fazer uma decoração só usando os balões." 
O varejo não é a única frente de atuação dos sócios, que também trabalham com atacado. "Para pequenos lojistas, negócios do interior, temos um desconto bem arrojado, de 25% em cima do valor final. Atendemos o varejo de uma forma que não tinha em Porto Alegre antes e também contemplamos o atacado", afirma. 
Com o objetivo de fortalecer o mercado gaúcho, existe, no segundo piso, um espaço que será destinado para cursos. No local, serão ministradas oficinas de lettering em balão, de montagem de estruturas fixas e, ainda, de montagem de balões bolha, que, conforme a empreendedora, são a tendência do momento e um dos artigos mais procurados. "Não é só uma proposta de loja, mas de espaço de formação. Entendemos que para o mercado de festas crescer no segmento de balões, existe a necessidade de ter a formação desses profissionais para eles fazerem o manuseio certo do produto e também cobrarem de forma correta pelo serviço", acredita. 
LUIZA PRADO/JC
Isadora Jacoby

Isadora Jacoby - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário