Fabiane Madeira
Fabiane Madeira

Existe vacina para as marcas?

Fabiane Madeira

O mercado mudou? Analise e busque alternativas para enfrentar essa mudança

Existe vacina para as marcas?

Fabiane Madeira

O mercado mudou? Analise e busque alternativas para enfrentar essa mudança

2021 começou com um gosto de esperança: a vacina contra a Covid-19 está cada vez mais próxima. Uma grande promessa de retomada da tal "vida normal", do fim das milhares de mortes, da volta do convívio social e dos negócios. Esperança parece ser a palavra desse novo ano.
Mas, nos negócios, temos algo equivalente à vacina? Uma dose que nos protegeria das dificuldades, que levaria de volta aos dias pré-pandêmicos? Em primeiro lugar: esqueça esses dias. Tantos meses de Covid-19 e uma coisa está certa, nada mais será como antes. Pessoas, marcas ou o mercado.
Resgate a sua essência. O discurso de marca precisa traduzir os propósitos da empresa. E, claro, tudo isso precisa vir acompanhado de ações práticas. Os consumidores querem saber como sua marca pode melhorar o mundo, o que a faz diferente. E isso pode ser fator determinante para eles.
O mercado mudou? Analise e busque alternativas para enfrentar essa mudança. Os planejamentos feitos nesse início de ano não podem engessar sua comunicação, eles devem dar o norte. Identificar e responder de forma rápida e assertiva aos movimentos do mercado - e teremos muitos em 2021 - pode significar a sobrevivência do seu negócio.
Atue em parceria. Num momento de incertezas, seja uma marca mais humana. Preocupe-se com sua comunidade. Não basta mais apenas entregar o produto ou o serviço. É preciso fazer diferença na vida do cliente. E, quando trabalhamos juntos, unindo expertises, geramos mais resultados. A cooperação ajuda a desenvolver soluções e novos mercados.
Tenha um bom plano. Depois de fazer o dever de casa criando as bases do seu negócio, aproxime-se de seus públicos. Invista na comunicação institucional e não apenas na promoção. Ela agrega valor à marca, gera reputação e pode ser a diferença entre apenas vender o estoque do mês ou conquistar o respeito, empatia e confiança do consumidor.
Sim, há vacinas para as empresas. Mas lembre-se que todas as tendências de branding e de comunicação para 2021 são como o RNA da vacina. Para quem não lembra das aulas de biologia, faço o paralelo: elas são mensageiras, não o código genético. Quando se tem um DNA forte de marca, dificilmente ela vira um jacaré.
Fabiane Madeira
Fabiane Madeira

Deixe um comentário