Gabriella Motta, CEO da Palterm Company, acredita no potencial da nova marca Desencana Gabriella Motta, CEO da Palterm Company, acredita no potencial da nova marca Desencana Foto: /MAURO BELO SCHNEIDER/ESPECIAL/JC

Depois de dominar mercado de palmilhas, empresa de Novo Hamburgo lança linha de produtos inusitados

Saltos invisíveis, spray impermeabilizante e espuma de limpeza podem ser encontrados em farmácias de todo o País

Calçados estragam na chuva, podem machucar os pés e serem difíceis de se manterem limpos. Foi por isso que a Palterm Company, de Novo Hamburgo, criou em fevereiro a marca Desencana, com um mix de seis produtos que solucionam problemas que parecem pequenos, mas que afetam a praticidade do dia a dia. Além de impermeabilizante, spray antiatrito e espuma de limpeza, o portfólio inclui meia e saltos invisíveis e protetor de lóbulo (o único que não tem a ver com os pés). De acordo com a CEO da Palterm, Gabriella Motta, a Desencana, que pode ser encontrada em farmácias de todo País, se prepara para lançar três novos itens ainda em 2019 e outros cinco no próximo ano.
A ideia dessa proposta surgiu através da percepção do crescimento do segmento farma. “O comportamento do consumidor está mudando, ele está buscando conveniência, comodidade e o impactante, mas simples. Começamos a observar esse movimento também do próprio gestor do negócio que quer diversificar seu mix, ir além do medicamento, desde a pequena farmácia à grande rede”, explica Gabriella. “Lançamos esse desafio para a nossa equipe, foi um projeto a várias mãos. Começamos a pensar no público que queríamos atingir e formatamos a nossa persona. Depois, focamos na linha de produtos e como queremos ser percebidos”, detalha. O objetivo, a partir das definições, era ter uma linguagem descontraída, acrescenta a CEO.
MAURO BELO SCHNEIDER/ESPECIAL/JC
A Desencana é uma nova aposta da Palterm, mas o negócio já tem 26 anos de existência e nesse período passou por algumas transformações importantes. Localizada em Novo Hamburgo, a fábrica foi fundada pelo pai de Gabriella, Luiz Motta. “Iniciamos fornecendo para a indústria, produzíamos para Nike, Adidas, entre outras e nos tornamos a terceira maior empresa no mundo nesse segmento”, conta a executiva. Luiz decidiu mudar a direção para o varejo, por isso criou o primeiro produto desse gênero, a palmilha meio número, que foi patenteada. “Foi nossa grande virada, pois passamos a nos voltar para o varejo, para o comércio. Foi um pioneirismo extremo e desafiador. Hoje somos consolidados dentro das lojas porque funcionamos como ferramenta para o lojista não perder a venda do calçado”, avalia. Atualmente, são mais de 80 produtos na linha.
Depois da estabilidade no varejo, foi a vez de entrar no segmento farma, com o lançamento das linhas Só Pés, voltada para a saúde dos pés, e a Pernas Maravilhosas, que tem maquiagem e tonalizante para pernas (em bege claro e escuro). Com isso, foi necessário criar uma planta para produção de cosméticos e produtos químicos, também em Novo Hamburgo. “Levou dois anos para estruturar toda essa parte industrial necessária para dar vazão à marca”, recorda. Gabriella contabiliza que 70% da venda da Palterm é no segmento de calçados e 30% do faturamento vem da farma, na qual se enquadra a Desencana.
O foco da companhia, segundo a CEO, é o mercado interno, apesar de haver uma projeção para o processo de exportação para o segundo semestre de 2020. “Os colaboradores estão maduros para isso, tem expertise, existe mercado, demanda, então a gente vai colocar o pé no acelerador”, destaca.
No cargo desde 2013, ela é formada em Direito e trabalhou quatro anos na área. Cursou também gestão empresarial na FGV. “Fizemos todo o processo de governança corporativa de sucessão, trabalhei nove anos no comercial da empresa para daí assumir a diretoria comercial e hoje sou a CEO da empresa, foi toda uma trajetória para eu chegar aqui”, comenta. Luiz preparou-a para assumir o segmento e hoje comanda, ao lado do outro filho, a Fish Tv, que também faz parte do grupo, um canal especializado em pesca. “O empreendedorismo está no sangue, do meu pai, meu e do meu irmão. Estamos sempre voltados para fora. Isso nos motiva enquanto família e organização, estamos sempre buscando coisas novas”, acredita.
Conforme Gabriella, a Desencana tem tido uma receptividade positiva pelos clientes. Será o fim das gambiarras como usar curativo, bicarbonato com vinagre e sacolas no sapato para se proteger da água?
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio