Matéria na Barbearia La Mafia para o GeraçãoE. Matéria na Barbearia La Mafia para o GeraçãoE. Foto: MARCELO G. RIBEIRO/JC

La Mafia aposta em clima italiano como diferencial

Rede conta com quatro barbearias próprias e 13 franquias entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina

O conceito que remete a elementos da Itália faz com que a barbearia La Mafia demonstre uma tradição que transcende seus quase cinco anos de história. Os detalhes clássicos começam no logotipo, que remete ao estilo adotado pelos italianos até meados século XX, popularizado mundialmente por Francis Ford Coppola na trilogia O Poderoso Chefão.
Os barbeiros, aliás, costumam usar assessórios como coletes, suspensórios e sapatos, bem como camisas, gravatas e calças normalmente mais escuras. "São três anos e meio aqui na La Mafia. Acho que todo barbeiro aqui tem orgulho e se sente parte de uma família. É um estilo que dá satisfação de ter. Vou me repetir, mas não tem como não ter e não citar orgulho da empresa", diz Guilherme Machado, um dos barbeiros mais antigos da rede.
MARCELO G. RIBEIRO/JC
"Nós somos lançadores de tendências também. Querendo ou não, nos sentimos formadores de opinião. Nós vamos colocando algumas invenções nas redes e percebendo que o público vem pedindo para fazer porque viu lá. É uma satisfação enorme", complementa Guilherme.
A rede La Mafia tem quatro barbearias próprias e 13 franquias pelo Estado. Toda demanda de marketing, seja da matriz, filial ou franquias, passa por Marcelo Soares, o gerente do setor. "A gente tem um fluxo determinado de postagens entre story e feed. Sempre tentando passar o clima de resenha, de diversão. É um posicionamento de rede bem marcado pela familiarização do cliente, que está presente de diversas formas nas nossas barbearias", garante Marcelo.
O clima das barbearias é, para Marcelo, um dos destaques da rede. "A gente preza por um atendimento no qual a pessoa se sinta em casa e se sinta diferente. A pessoa vem para cá e fica aqui. Não é só barba e cabelo. Tem pais e filhos que vêm no sábado para jogar uma sinuca, um vídeo-game. Além disso por sermos pioneiros aqui em Porto Alegre nesse estilo temos uma credibilidade sem mesmo o cliente conhecer o barbeiro. É uma relação de confiança."
Manter o cliente próximo sempre foi uma preocupação para a marca.
"Está na veia do negócio criar uma família. Os churrascos promovidos aqui dentro aproximaram muito os sócios, os barbeiros e os clientes. Ter a nossa marca presente em bonés, adesivos em carros, faz com que a identificação aconteça também. Se cria um sentimento de união e as pessoas querem fazer parte dessa tribo", complementa Marcelo.
Premiada pela Revista Cabelos&cia, do portal UOL, como a segunda melhor barbearia do País, a La Mafia é fruto de um investimento dos sócios Jader Lewis, Aloísio Gonçalves e Lucas Siqueira, apaixonados por futebol. "O esporte está presente porque os sócios vivem muito isso. Um deles é o Aloísio, o popular 'Boi Bandido', que joga no Meizhou Meixian Techand da China e o Lucas Siqueira que também vive muito o esporte. O relacionamento deles com muitos profissionais do mundo da bola tornou meio inevitável essa influência através das camisas espalhadas e dos eventos para assistir jogos aqui."
MARCELO G. RIBEIRO/JC
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio