Bernardinho divide, atualmente seu tempo entre jogos, negócios e eventos Bernardinho divide, atualmente seu tempo entre jogos, negócios e eventos Foto: /SESC/DIVULGAÇÃO/JC

Palestra de Bernardinho chega a Porto Alegre

Que trabalho em equipe, liderança, motivação e perseverança são valores importantes para o ex-técnico da seleção brasileira de vôlei, Bernardinho, sempre ficou muito claro. Esses, agora, são os pilares da palestra que o multicampeão traz a Porto Alegre. À frente da seleção masculina foram 28 títulos em 16 anos que se somaram às 16 conquistas nos seis anos anteriores com a seleção feminina.
Após "Bernardinho - Cartas a um jovem atleta" e "Transformando suor em ouro", livros em que compartilha sua percepção de gestão de equipe, o atual treinador do time feminino do Rexona Sesc acredita que os ensinamentos de quadra podem se adequar facilmente ao contexto empresarial, e é por isso que divide sua atenção entre jogos e palestras.
O evento ocorre às 19h30min do dia 28 de maio, no Salão de Atos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), na avenida Paulo Gama, nº 110, e faz parte do novo projeto do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, o Conexão de Ideias. Mais informações e ingressos estão disponíveis em: bit.ly/2vwpjjh.
Geração E - O que você falará em Porto Alegre?
Bernardinho - A ideia é abordar temas como liderança, trabalho em equipe, motivação e disciplina. Travando paralelos entre o esporte e o mundo corporativo.
GE - Depois de tantas conquistas no vôlei brasileiro, o que lhe fez um líder tão admirado e que vale para outras áreas?
Bernardinho - Acho que a sociedade como um todo viu um grupo de pessoas capitaneados por mim, trabalhando duro, enfrentando desafios, se levantando após as derrotas. Com toda a emoção envolvida no esporte, passaram a nos admirar.
GE - Atualmente, com seus negócios e palestras, qual a principal dificuldade que você enfrenta e como supera isso?
Bernardinho - As dificuldades hoje no Brasil são muito grandes para quem quer empreender, toma riscos, emprega pessoas. Antes de mais nada, a resiliência é a principal virtude que uma pessoa precisa ter para ser bem-sucedida no Brasil.
GE - Hoje empresários se inspiram em muitas pessoas como você, que tem visibilidade nacional. Mas o que faz a diferença no dia a dia quando se está gerindo uma equipe e que não pode ficar só na teoria?
Bernardinho - Todos nós buscamos fonte de inspiração em pessoas que demonstram consistência em atingir resultados, que conseguem formar equipes de sucesso. É preciso tentar entender as razões, conhecer as ferramentas usadas para poder transformar ou melhorar sua instituição.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio