A oportunidade de andar de ônibus em família

O dia de ir ao Mercado Público de Porto Alegre era a oportunidade de a minha família andar de ônibus em grupo. Uma aventura empolgante para um menino que morava no bairro Passo d'Areia, na Zona Norte, longe do fervo do Centro Histórico.

Era, normalmente, aos sábados pela manhã o dia de buscar algum queijo, erva ou coisas para beliscar antes do churrasco. O pai preferia o transporte público, pois os estacionamentos eram caros demais.

Daquele tempo até hoje, o que mais me marca quando chego ao Mercado é o cheiro de peixe, misturado às ervas. Uma experiência que só tem lá. Algumas bancas expandiram e abriram seus negócios em outros bairros, mas o Mercado é exclusivo.

Mesmo encontrando tudo perto de onde moro, agora na Zona Sul, vez ou outra, continuo pegando o ônibus para circular neste ponto que faz o nosso povo se reconhecer e se orgulhar de sua cultura. Talvez por esse motivo, sempre que tem alguma visita de fora lá em casa, o Mercado é o primeiro lugar que penso em dar uma de guia turístico - e gastronômico, obviamente.

Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio