A opção pelo comércio tem forte ligação com a natureza das atividades O ideal, no mercado de trabalho, é ter uma mistura de gerações Foto: FREEPIK/DIVULGAÇÃO/JC

O sucesso não está só na juventude

Sim, jovens trazem frescor às empresas. Mas a maturidade e a experiência continuam tendo importância

Bem verdade que os jovens estão cheios de ideias e soluções criativas. Prova disso é o número de startups administradas por pessoas de 20 e poucos anos que geram bilhões de dólares. Mas são raríssimas as empresas que chegam ao sucesso dando espaço a somente uma geração.
Uma loja de itens de cozinha de Capão da Canoa, no Litoral Norte, começou sua operação de verão com muitas vendas. A demonstradora de panelas, uma senhora de seus 60 anos, sabia responder todas as perguntas. Afinal de contas, ela cozinha, entende do produto e do público que chega até o negócio. O papo entre cliente e vendedora fluía naturalmente.
Em outro balcão, uma funcionária de 45 anos ficava responsável por apresentar microprocessadores, raladores e descascadores de alho. Mesma coisa: falar do produto, para ela, era como iniciar uma discussão sobre a previsão do tempo. Facinho, facinho.
Até que o filho do dono da empresa sugeriu a seu pai que seria muito mais vantajoso colocar seus amigos para trabalharem ali. Jovens, dinâmicos, tinham muito mais noção sobre comércio. Resultado: trocou as mulheres por pessoas que sequer sabiam como manusear os itens.
Sim, jovens trazem frescor às empresas. Mas a maturidade e a experiência continuam tendo importância. O ideal é manter o equilíbrio. #repense
 
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio