GER FIM DE ANO, ANO-NOVO, COPACABANA, BRASIL, FOGOS DE ARTIFÍCIO. ABOUT TWO MILLIONS PEOPLE OBSERVE FIREWORKS FROM COPACABANA BEACH IN RIO DE JANEIRO, BRAZIL, TO CELEBRATE THE BEGINNING OF NEW YEAR'S DAY EARLY IN JANUARY 1, 2010. AFP PHOTO/GABRIEL LOPES A passagem de dezembro para janeiro tem o mesmo peso da que você viveu entre agosto e setembro Foto: GABRIEL LOPES/AFP/JC

E daí se não deu para fazer em 2018?

Esta é a época do ano das autocobranças. Próximo de definir as resoluções para a virada, pensamos se conseguimos realizar tudo que nos propúnhamos a fazer nesses últimos 12 meses. Não conseguiu? Saiba que você não está só.
Temos esse costume de colocar datas limites para a realização de nossos sonhos, o que, em muitos casos, é positivo, pois nos ajuda no processo de comprometimento com ideias. Mas, se houve outras prioridades, não se culpe. Nunca é tarde para tomar a decisão que vai mudar a sua vida. Seja abrir um negócio, pedir demissão ou agendar uma visita que vai lhe garantir um emprego. A passagem de dezembro para janeiro tem o mesmo peso da que você viveu entre agosto e setembro. Veja todos os desafios que superou e perceba como essas experiências lhe deixarão mais forte para o grande momento.
Ter calma neste contexto turbulento em que vivemos é uma vantagem competitiva. Sentir-se atrasado num ambiente em que, a cada mês, o sistema operacional do celular atualiza automaticamente é completamente normal.
Apenas lembre-se que o importante não é chegar primeiro. Só vai valer a chegada se você tiver a clareza de por que seguiu aquele caminho e qual o propósito de estar ali. E isso pode acontecer em 2019, 2020 ou 2030. #siga
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio