Israel participa de evento do Sebrae em Canoas no mês que vem Israel participa de evento do Sebrae em Canoas no mês que vem Foto: Jonas Fonseca/Divulgação/JC

Mineiro cria plataforma que devolve parte do valor das compras ao consumidor

E quem adquire algo pelo site, além do dinheiro, ganha descontos

Frustrado com os programas de fidelidade de empresas brasileiras, Israel Salmen, 30 anos, de Minas Gerais, criou, com um sócio, a Méliuz. Trata-se de uma plataforma que devolve parte do dinheiro para quem compra de suas marcas parceiras.
A startup, lançada em 2011, já devolveu R$ 65 milhões para os usuários através de um conceito conhecido como cashback. "A cada venda realizada a gente ganha comissão. Parte dessa comissão é repartida com o usuário que comprou", detalha Israel.
O empreendedor diz que sua empresa dobra de tamanho a cada ano. Atualmente, 150 pessoas trabalham no negócio, que tem sua sede em Minas Gerais e escritórios em Manaus e em São Paulo. Mais de 1,6 mil lojas estão conectadas à Méliuz na versão on-line e cerca de 50 em seu formato físico. No ambiente off-line, na hora de pagar a conta no caixa da loja, a pessoa digita o número do telefone e recebe parte da quantia de volta também.
Em Canoas, onde participa de um evento do Sebrae (link abaixo), Israel pretende falar sobre inovação. "O brasileiro fica imaginando que inovação é fundar o novo Google. Mas inovação é fazer o trabalho mais eficiente", avalia ele.
E por que devolver o dinheiro ao usuário em vez de simplesmente dar desconto? "As lojas continuam oferecendo descontos e cupons de desconto, e divulgamos todos eles. O cashback é um algo a mais", sintetiza o CEO.
>> O empreendedor estará em Canoas, no início de novembro, para participar do evento Insight, do Sebrae. Veja mais aqui
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio