Bruna Bielemann, criadora da marca Fulana de Tall. Bruna tem como tema principal da coleção de 2019 a estampa com Frida Kalo Foto: LUIZA PRADO/JC

Designer abre espaço para marca de alpargata

Bruna Bielemann, fundadora da marca de calçados Fulana de Tall, atrai público com estampas conceituais

A designer gaúcha Bruna Bielemann, fundadora da marca de calçados Fulana de Tall, estreou na Expointer neste ano e atraiu a atenção do público por apresentar uma revalorização de um item bem tradicional da vestimenta campeira, a alpargata. Bruna, que montou a sua produção em Bagé, na Fronteira-Oeste, aposta em estampas com referências culturais. A nova coleção tem Frida Khalo, um ícone das artes plásticas mexicanas, e temas de estamparia andina. 
Na feira, a designer conseguiu espaço na casa da Associação Brasileira de Criadores de Ideal, raça ovina com tradição na produção de lã. Os visitantes passam pela casa e não conseguem deixar de dar uma paradinha. "As pessoas acham as peças muito diferentes, pela estampa", comenta Bruna, que já teve de reabastecer o estoque mais de uma vez. Cada unidade custa
R$ 85,00. O espaço surgiu em um convite da associação. A Ideal também expõe roupas e acessórios confeccionados artesanalmente com a matéria-prima. Além da Expointer, Bruna vende os produtos pela internet e pode ser vista com sua kombi estilizada, multicolorida, que permite levar suas coleções a diversos locais para badalar a marca.
A fundadora da Fulana de Tall resolveu empreender depois que fez a formação em Design de Moda em Pelotas. Em seguida, buscou especialização em calçados em Buenos Aires, na Espacio Buenos Aires. "Voltei há um ano e retomei com tudo a produção e as criações em Bagé", contou ela, ao participar do programa de vídeo Cafezinho na Casa #JCnaExpointer. A história da marca está ligada à modelagem, apostando na estamparia. "A coleção de 2019, lançada na feira, foi inspirada na Frida Khalo. Sempre trago matéria-prima e me inspiro nas minhas viagens. Na última, trouxe têxteis da região dos Andes." Na estamparia exclusiva, a designer explora temas atuais. Um dos modelos apresenta a causa das mulheres. 
Cada coleção tem de 10 a 12 estampas. A marca tem, ainda, botas, que não chegaram a desfilar na feira, mas que podem ser conferidas nas redes sociais da Fulana de Tall.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio