Bebê Baumgarten, assessora de imprensa cultural Bebê Baumgarten, produtora cultural Foto: JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC

Como a produção cultural independente de Porto Alegre sobrevive atualmente?

Bebê Baumgarten, assessora de imprensa cultural

"A realidade é nua e crua: a produção cultural independente está respirando por aparelhos! E não por falta de mérito, criatividade, inovação, empreendedorismo, profissionalismo, garra, resistência e poesia, porque todos esses itens nossos artistas têm de sobra. Mas porque os tempos estão obscuros e duros, tanto para quem faz quanto para quem 'consome' essa arte. Artistas e trabalhadores da cultura estão sofrendo as consequências das novas políticas culturais, porque, mesmo independente de editais e verbas públicas, também se necessitam espaços para atuar, teatros em condições, menos entraves e taxas no uso do espaço público, políticas de formação de plateia e, principalmente, investimentos grandes na educação. Ainda assim, seguimos com eventos incríveis, como a FestiPoa Literária, eventos culturais de rua, rodas de samba, saraus, performances e espetáculos diversos brotando como um esperança no asfalto da metrópole."
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio