Guilherme e Bernardo querem que o Weeplay facilite as agendas Aplicativo Weeplay permite realizar agendamento de jogos de futebol Foto: LUIZA PRADO/JC

Gaúchos criam aplicativo para aluguel de quadras esportivas

Os usuários marcam o dia, horário e ainda podem efetuar o pagamento pela plataforma

Quando um grupo de amigos se une para praticar um esporte sempre tem aquele que fica responsável pela organização, que vai atrás de reserva de quadra, com o melhor preço, horário e localização. Para facilitar a vida do escolhido da vez, os sócios Guilherme Molina, 27 anos, e Bernardo Fenner, 25, ambos administradores, criaram o Weeplay, aplicativo para aluguel de centros esportivos. A ideia consiste em uma plataforma que armazena os dias e horários vagos das quadras cadastradas.
Guilherme, natural de Estrela, cuida da parte comercial, visitando os campos e fazendo com que queiram estar na plataforma. Bernardo, que veio de Santa Rosa, fica encarregado das funções administrativas e marketing. O projeto recebeu investimento da Winnova, investidora e desenvolvedora de startups com sede no Tecnopuc, em Porto Alegre.  
Praticantes de esportes - Guilherme de futebol e Bernardo, tênis -, os amigos desenvolveram a ideia na época da faculdade. “Encontramos poucas opções e geralmente estavam lotadas. Tínhamos que adaptar o nosso horário de futebol ao da quadra”, recorda Guilherme. Para Bernardo, o aplicativo veio “justamente para deixar o poder da escolha (de horário) na mão do usuário”.
Além da listagem de quadras disponíveis, é possível aplicar filtros de dia e horários vagos sobre os resultados. O app também agiliza as transações de pagamento. O usuário escolhe a quadra, horário e paga 30% do valor adiantado. O restante pode ser “rachado” com o resto do time na hora da partida. 
O aplicativo Weeplay, disponível para Android e iOS, já conta com oito centros de futebol. “Mas já estamos negociando com mais quadras em Porto Alegre”, garante Guilherme. “Não queremos ficar restritos ao futebol”, salienta Bernardo, que lista entre as próximas atualizações a inclusão de locais para a prática de tênis, voleibol e, ainda, esportes de areia. “A ideia é crescer”, expõe Bernardo.
O empreendimento monetiza-se por comissões para cada reserva feita pela plataforma, sem custo nenhum aos usuários. “Uma taxa em cima da transação, sem nenhum custo fixo”, simplifica Bernardo.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio