Clóvis é coordenador do Iglta Clóvis é coordenador do Iglta Foto: MARCO QUINTANA/JC

Rede de hotéis de Porto Alegre se filia à associação de turismo LGBT

Uma das primeiras ações do hotel na Lima e Silva será colocar banheiros unissex no hall de entrada

Com o intuito de proporcionar uma recepção justa e agradável à população de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros (LGBT), a rede Master de Hotéis é a primeira rede gaúcha a se associar à International Gay and Lesbian Travel Association (Iglta). Para fechar a parceria, o Hotel Master Express Lima e Silva recebeu, no dia 21 de junho, o coordenador da Iglta no Brasil, Clóvis Casemiro, para um evento sobre Turismo LGBT.
A associação trabalha como uma plataforma que conecta as empresas do ecossistema turístico ao consumidor final. Isso inclui das companhias aéreas e hotéis às empresas que irão fazer o transporte do cliente. "Nós temos os canais para apresentar e a pessoa monta sua viagem", explica Clóvis.
Ao se associar, as empresas ganham um perfil na plataforma que, segundo Clóvis, já é um sinalizador de que o estabelecimento está preparado para oferecer um tratamento diferenciado e sensível às necessidades dessa população. Além disso, as empresas recebem treinamento para que haja naturalidade ao recepcionar, por exemplo, uma pessoa transgênero.
"É um desrespeito não entender que uma mulher pode apresentar uma carteira de identidade com o nome João", exemplifica o coordenador, a partir da situação que é frequente e vexatória.
Clóvis adverte que as redes hoteleiras precisam estar cada vez mais preparadas para receber famílias que fogem à formação tida como "tradicional", incluindo as homoafetivas.
"Os hotéis e as companhias aéreas vão ter que se preocupar em como atender a essas famílias para que tenham uma viagem bacana e não sintam constrangimentos", ressalta.
Aos 60 anos, Clóvis, que trabalha há mais de 20 na Iglta, acredita que o País está interessado em evoluir nessa questão. Segundo ele, o Brasil é o segundo dos 70 países com maior número de associados, cerca de 90, atrás apenas do local de origem da associação, os Estados Unidos, com 500.
Como rede gaúcha estreante a se associar, a primeira das mudanças na Master será a implementação de banheiros unissex no hall do estabelecimento, localizado na avenida Loureiro da Silva, nº 1.840, no bairro Cidade Baixa, na Capital. Clóvis conta que para a Iglta é muito importante associar-se à cadeia turística gaúcha.
"Sempre tive Porto Alegre como um destino muito bacana para quem é gay", confidencia, salientando que "nós somos um recorte do mercado como um todo".
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio