Patissêr Andréa Schein, Betina Mariante e a chef Roberta Gomes Patissêr Andréa Schein, Betina Mariante e a chef Roberta Gomes Foto: /Cucina in Prosa/Divulgação/JC

O jantar partilhado do Cucina in Prosa

O tema da noite era partilha. As mesas cruas e com as velas apagadas sobre os candelabros, no restaurante Lorita, aos poucos iam ganhando vida. Através, claro, dos esforços de todos da mesa, as louças eram distribuídas, junto aos vasos de flores, toalhas, talheres. Em vez de porções individuais, cada prato era servido para os participantes dividirem entre si, gerando assim outra relação de estar junto.
Para celebrar o conceito da comensalidade, o menu fora criado pela chef Roberta Gomes, a convite da psiquiatra e pesquisadora Betina Mariante Cardoso, cabeça do projeto Cucina in Prosa - que compreende aulas teóricas e práticas em torno da temática da comida, cozinha e humanidades. Os encontros culminam em experiências gastronômicas como a descrita acima.
Com as atividades encerradas em 2017, o projeto Cucina in Prosa tem nova etapa prevista para janeiro. Neste ano, foram abordados temas como a escrita (food writing), sentidos, prazer e memória, vinho e literatura, entre outros. O jantar encerrou com direito a obra de arte enquanto sobremesa, orquestrada pela chef Roberta e a pâtissier Andréa Schein (Déa Macarons), ao estilo do chef norte-americano Grant Achatz (veja Chef's Table, série da Netflix, para entender). Mais informações no e-mail bemariante@gmail.com.
Cucina in Prosa/Divulgação/JC
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Artigos relacionados
Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio