Sobre o Autor
Cristiano Bernardes Consultor Empresarial &Contador Arquivo pessoal Foto: /ARQUIVO PESSOAL/DIVULGAÇÃO/JC

Cristiano Bernardes

Consultor empresarial e contador

O empreendedor do modismo

Estamos vivendo num mundo tão veloz que até os empreendimentos empresariais sofrem com o modismo. Empresas se proliferam com muita rapidez e algumas são bem perecíveis, como uma onda.
Falta conhecimento, formação e técnica para os novos modelos de negócios. Algumas abrem sem conhecer nada de gestão ou sem capital de giro, somente fachadas bonitas.
Para citar alguns exemplos, nunca se viu tantas cervejas artesanais, nunca se comeu tanta comida oriental, sem falar na moda das barbearias, esmalterias, cabeleireiros, às vezes até com outras nomenclaturas. Ainda não cheguei aos Food Truck's, que me lembram os trailers de lanches, as towners de cachorro quente e os bufês de vários produtos, dos sorvetes aos hot dogs, dos anos 1980, 1990 e 2000. Na área de ensino, uma proliferação de escolas e faculdades de Ensino à Distância, umas que ficam, outras que somem. Mercados que se aquecem podem esfriar se são abertos apenas na onda da moda, sem a devida expertise.
Não sou contra, mas é preciso pensar antes de cair no modismo.
Vamos por partes. Você conhece o mercado? Tem conhecimento do produto? Reconhece o público-alvo? Possui técnica ou formação na área? Estudou para executar as atividades? Tem noção dos custos e despesas? Onde vai ser instalado? Viu a legislação?
É importante fazer este check list antes de colocar a mão na massa. Planejamento é primordial, sem esquecer a vocação.
Se vai contratar profissionais para tocar a execução da produção, no mínimo, você tem que ter o conhecimento de gestão, dos custos e valores dessa mão de obra qualificada.
Se você nunca tinha pensado nisso, não desanime. Estamos num país de oportunidades, onde o sol nasce para todos.
A dica é: faça aquilo que você gosta, sem pensar em só ganhar dinheiro, dinheiro é consequência. Tenha prazer em fazer, sinta amor e carinho no que está fazendo, desde as compras até a finalização do serviço ou produto, busque dentro de você a sua verdadeira vocação. Busque conhecimento, tire dúvidas, faça estágio, não tenha vergonha em perguntar, em se preparar para colocar seu sonho de ter o negócio próprio. O modismo passa mas o trabalho fica.
Compartilhe
Artigos relacionados
Comentários ( )
Deixe um comentário

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio