Movimento no último dia de realização da prova do Enem, na Pucrs As inscrições para o vestibular abrem no próximo dia 1 de novembro Foto: JONATHAN HECKLER/JC

Graduação da Pucrs amplia enfoque no empreendedorismo

Administração com Linha de Formação em Inovação e Empreendedorismo é uma das opções de curso

A Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs) está programando mudanças para o ano que vem. Entre elas, a ampliação do eixo empreendedor em toda a graduação - enfoque que a instituição vem dado de forma intensa nos últimos anos. A universidade considera que empreendedorismo vai além da criação de empresas e, por isso, busca desenvolver essa atitude nos alunos. As inscrições para o vestibular vão de 1 a 26 de novembro, e as provas ocorrem nos dias 2 e 3 de dezembro. Mais informações em bit.ly/2iggN4T.
Jovens e empresas de diferentes portes, desde startups até grandes players mundiais, encontram espaço para desenvolver ideias no campus. Um exemplo é o curso de Administração, que oferece uma Linha de Formação em Inovação e Empreendedorismo, com uma estrutura curricular inovadora e disciplinas que acompanham a atividade prática em laboratórios experimentais, por meio de parcerias empresariais, focando a formação interdisciplinar e a resolução de problemas socialmente relevantes, com uma postura humanista, ética e sustentável.
O aluno também é estimulado e orientado à atuação internacional, com atividades relacionadas à mobilidade acadêmica. O currículo está estruturado em eixos temáticos, seguindo os estágios de Inspiração, Ideação, Incubação, Aceleração e Expansão, que têm como objetivo desenvolver competências técnicas e comportamentais, e fomentar a capacidade empreendedora do aluno, assim como também sua autonomia e protagonismo no processo de aprendizagem.
Tudo isso aliado à infraestrutura que a Pucrs oferece, com seu parque científico e tecnológico, incubadora, aceleradora, espaços de coworking e fablabs experimentais, além do ambiente de pesquisa e inovação da universidade.
"Os alunos serão inseridos nessas dinâmicas que foram criadas. Eles efetivamente colocam a mão na massa. Com o intuito de sentir na pele o que o empreendedor sente, os alunos são desafiados a realizar o trabalho. Para isso, serão acompanhados por professores especialistas em empreendedorismo, não apenas ensinando, mas prestando uma espécie de consultoria", antecipa o coordenador da Linha de Formação, André Duhá.
Depois de formado, o profissional estará preparado para identificar oportunidades e demandas da sociedade para empreender, desenvolvendo produtos e serviços que supram essas demandas.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio