O que saber quando o diferencial do seu negócio é preço?

Alana Maciel, técnica do Sebrae-RS, ressalta alguns pontos importantes para os empreendedores. 
- Que cuidados o empreendedor tem de ter quando o diferencial do negócio dele é preço?
O preço de um produto e serviço deve ser definido com base nos custos e na estratégia de marketing do negócio. Em se tratando de preço, para o marketing, o importante é o valor percebido e não o custo de produção. É uma questão de percepção de valor ou de custo x benefício.
O valor cobrado pelo produto deve ser suficientemente alto para proporcionar lucro a quem o está produzindo ou comercializando, porém não pode ser tão alto que desestimule a compra, ou seja, deve ser atrativo para os clientes.
Preços demasiadamente baixos podem depreciar o produto aos olhos dos compradores, que podem pensar que há algo de errado nele.
 
- E que benefícios esse negócio tem por ter justamente esse diferencial?
Uma empresa que optar por manter um custo baixo e pouca diferenciação, dificilmente irá manter um lucro substancial, pois ter qualidade e desempenho são itens que necessitam de altos investimentos.
Em geral, os compradores sacrificam, algumas das características, serviços ou imagem da empresa diferenciada em troca de grandes economias de custos, de preço, portanto a lealdade à marca também pode ficar prejudicada. Outro fator é que a necessidade dos compradores em relação ao fator de diferenciação diminui.
Uma vantagem que esse negócio pode ter é atrair clientes que busquem por preço baixo em detrimento de outros fatores como comodidade, segurança, garantias, etc.
 
- Como deve ser a comunicação
A comunicação desta estratégia deve ser muito clara e focada no público que busca essa vantagem. Algumas estratégias de precificação mais conhecidas são:
· Introdução no mercado com o preço máximo possível para sua demanda e então é reduzido gradativamente. É uma opção apropriada para recuperar os altos investimentos feitos na concepção de produtos inovadores, já no início de sua comercialização. É importante destacar que o alto valor só se sustenta enquanto não houver outros produtos similares no mercado.
· O produto é introduzido no mercado com preço abaixo da média dos concorrentes para, em seguida, elevá-lo gradativamente. O objetivo aqui é capturar imediatamente uma parcela do mercado pelo menor preço para depois fidelizá-lo pela qualidade. Muito utilizada para lançar produtos em um mercado já muito competitivo e com muitas alternativas similares.
É necessário que a empresa tenha seu posicionamento claro e defina como quer ser vista pelos seus consumidores.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Artigos relacionados
Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio