Criadores da loja on-line Estilo 4 Olhos, Leandro e Nati Criadores da loja on-line Estilo 4 Olhos, Leandro e Nati Foto: CLAITON DORNELLES /CLAITON DORNELLES /JC

Melhor estar com os olhos afiados no consumidor

Loja on-line de óculos quer conquistar aqueles que estão dispostos a comprar acessórios pela internet

Entre os dados da pesquisa Porto-alegrenses e o consumo, aparece a preferência de 24% dos entrevistados pela compra de acessórios pela internet. Criada em Porto Alegre, a marca Estilo4Olhos quer abocanhar essa demanda. 
O local preferido para a compra dos itens ainda é a loja de rua, com 46% das menções. O restante dos jovens (28% e 2%, respectivamente) vai ao shopping center ou ao supermercado para adquirir esses bens.
A Estilo4Olhos acredita mesmo no potencial do universo digital para a venda de armações de óculos. E não é para menos: os clientes são de peso. A cantora Ludmilla é uma delas. "Ela entrou em contato e pediu uma armação, até não achei que fosse ela no início", comenta Natália Camargo, 28 anos, dona da empresa, ao lado do marido, Leandro Santos, 34.
A empreitada nasceu a partir de uma necessidade da própria Natália, que é publicitária. A jovem sempre usou óculos e, por ter grau muito alto, as lentes acabavam sendo grossas demais. Resultado: achar armações era uma tortura. Além de serem caras, a aparência dos acessórios não agradava. "Se eu quisesse trocar de óculos, tinha de tirar férias do serviço para conseguir dinheiro para comprar", lembra ela.
Há pouco mais de dois anos, decidiu, então, importar as armações. "Na faculdade, todo mundo me perguntava onde eu tinha comprado. Dizia que importava, mas ninguém pilhava de fazer o mesmo", afirma.
Natália continuou importando para consumo próprio, até que foi questionada de o porquê não transformar aquilo em um negócio. Estudante na época, resolveu apostar.
Como boa empreendedora, fez questão de testar os produtos durante mais de um ano antes de vendê-los. Ela e Leandro passaram a comercializar os óculos, inicialmente, só pelo Facebook.
O casal atendia a domicílio ou marcava pontos de encontro com os clientes. "Eu ia até as estações de trem encontrar as pessoas para fazer a venda", lembra Leandro. Os números, porém, passaram a tomar proporções maiores, que nem os próprios empreendedores esperavam. Foi aí que decidiram criar o site.
Atualmente, os dois têm a loja como fonte de renda única. Quando não era o próprio chefe, Leandro trabalhava em uma empresa que vendia softwares para advogados e Natália atuava no ramo de marketing. O casal resolveu deixar seus empregos formais para conseguir dar conta da loja e, com o dinheiro das rescisões, investiram em mercadorias.
"A gente investiu uns R$ 2 mil. Na primeira leva, tivemos retorno, mas foi um retorno para investir mais. Eram pouquíssimas armações, 10 de cada modelo. Não tínhamos muito estoque", comenta Natália.
Embora efetuem as vendas somente de forma on-line, Leandro e Natália abrem, às vezes, algumas exceções. O público-alvo da loja abrange jovens de 16 a 30 anos.
Há, ainda, uma parcela feminina bem expressiva da terceira idade, que coleciona as unidades. "Elas encontram clientes na rua, olham os óculos e nos ligam dizendo 'não tenho Instagram, não tenho Facebook, não tenho nada. Mas a pessoa me passou o telefone de vocês e estou ligando", imita Leandro.
O casal, que não pretende abrir uma unidade física fixa, já chegou a pensar em ter uma estrutura itinerante. "Uma semana em um lugar, outra semana em outro. É um sonho por enquanto", afirma a empreendedora.
A Estilo4Olhos atende clientes de todo o País. O estado com maior procura é São Paulo, em segundo lugar está o Rio Grande do Sul e em terceiro, o Rio de Janeiro. Os valores dos óculos vão de R$ 79,00 a R$ 189,00.
Para o casal, a busca por acessórios na internet está atrás das lojas de ruas e shoppings centers por causa da falta de credibilidade no ambiente virtual. "Quando a gente conquistou a credibilidade do povo, a galera começou a confiar. E a gente bombou", relata Leandro. Até agora, foram vendidas cerca de 2 mil peças.
A responsável pelo marketing digital da empresa é Natália. Ela acredita que os negócios digitais que dão certo se baseiam na contribuição de influenciadores.
A migração de clientes para a internet vai aumentar, concordam, pois, além da facilidade de poder escolher em casa os produtos que se deseja, as mercadorias costumam ser mais baratas. "Não sei se a juventude de hoje tem paciência de entrar numa loja e ser abordada por um vendedor insistente", opina ele.
Outro fator que pode contribuir para a migração de clientes é o sistema de trocas, cada vez mais facilitado no e-commerce. "A loja que não tiver isso, uma política de troca correta, vai perder", afirma Natália.
O endereço para compras é www.estilo4olhos.com.br.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Artigos relacionados
Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio