CONCORD, CA - DECEMBER 17: A JOB SEEKER SHAKES HANDS WITH A POTENTIAL EMPLOYER DURING THE Ocasião terá exemplares do GE e do Jornal do Comércio distribuídos para empreendedores locais Foto: JUSTIN SULLIVAN/AFP/JC

São Borja recebe evento de empreendedorismo nesta sexta-feira

Evento que reunirá empreendedores faz parte de um dos desafios da Empretec 2017

Está acontecendo em São Borja o Empretec, renomado curso de empreendedorismo do Sebrae. Nesta sexta-feira (9), às 19 horas, no Auditório Senac – Nova Sede (Rua General Canabarro, 310), será realizado um evento desenvolvido por uma das empresas criadas dentro do programa - que têm a missão de formar um negócio que dê resultado em 6 dias. Os jovens Nícolas Rizzon Pletsch e Inácio Juzwiak decidiram investir na idealização de uma empresa para fomentar o empreendedorismo através da realização de eventos.
Para este protótipo eles convidaram cinco empreendedores que iniciaram seus negócios em São Borja, que contarão suas histórias e responderão perguntas dos mediadores e do público. Também serão sorteados livros e distribuídos exemplares do GeraçãoE e do Jornal do Comércio.
“Já estamos contando com a apoio de mais de 25 empresas aqui da cidade para realização”, conta Nícolas. São esperadas 300 pessoas para o evento e parte da renda será destinada as famílias atingidas pelas enchentes do Rio Uruguai. As inscrições são feitas na chegada e o ingresso custa R$ 30,00.
Sobre a Empretec:
Parceria entre o Senac e o Sebrae, o Empretec 2017 realizado em São Borja utiliza metodologia da Organização da Nações Unidas (ONU) para o desenvolvimento de características de comportamento empreendedor e identificação de novas oportunidades de negócio. O projeto é promovido em cerca de 34 países ao redor do mundo.
No Brasil, o Empretec já capacitou cerca de 230 mil pessoas distribuídas em 9,8 mil turmas pelo País. Todo ano, o programa qualifica em torno de 10 mil participantes. Segundo pesquisa do Sebrae realizada com 3.482 clientes atendidos em 2015, a satisfação geral com a iniciativa é muito positiva, com nota média de 9,1 pontos. Para o público que mesmo após o Empretec ainda não empreendeu (empregados, autônomos, desempregados, estudantes, aposentados, servidores públicos), a percepção de melhoria na empregabilidade é elevada, alcançando 85%. A maior parte das empresas, após a participação no programa, registrou um aumento no faturamento mensal.
Compartilhe
Artigos relacionados
Comentários ( )
Deixe um comentário

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio