As sócias Marcia e Liane abriram a Nuah no Iguatemi em novembro As sócias Marcia Bilibio (E) e Liane Irigoyen já investiram R$1 milhão na empresa Foto: JC

Empresa propõe uso diferenciado dos cosméticos

Podendo dar mais de um uso ao mesmo produto, a Nuah aposta no conceito de beleza natural e autonomia

Em 2014 as amigas Marcia Bilibio, 33 anos, e Liane Irigoyen, 39, iniciaram as atividades da Nuah Cosméticos, empresa que une as expertises das duas com o intuito de oferecer uma nova maneira de se relacionar com a beleza.
Liane já tinha a carreira de farmacêutica voltada para este mercado – trabalhou na Johnson &Johnson, foi gerente de P&D da Emporio Body Store, adquirida posteriormente pela inglesa The Body Shop, da L’oreal - mas foi a partir do incentivo de Marcia, que é administradora, que o negócio começou a tomar forma.
Com público-alvo feminino, o conceito parte de oferecer autonomia para a cliente aproveitar ao máximo as potencialidades do item que adquire. A Nuah oferece receitas para que a pessoa possa customizar o uso dos produtos, normalmente com ingredientes que se tem em casa – tudo dermatologicamente testado. “Ao misturar o creme hidratante com aveia ou ervas de chá, por exemplo, você tem um esfoliante”, explica Liane. Ela alerta que as misturas devem ser feitas na hora da aplicação, sem armazenagem. Um óleo, sob diferentes instruções, pode ser usado para o corpo todo (no banho), para hidratar partes mais secas (com componentes esfoliantes), e para o cabelo (para turbinar máscaras capilares).
GeraçãoE - Pauta com a empresa de cosmética natural Nuah, com as sócias Marcia Bilibio (E) e Liane Irigoyen.
Marcia e Liane já pretendem expandir para franquia
Em 18 meses e R$ 1 milhão de investimento, a empresa tem 50 itens de fórmula própria no catálogo, entre loções de limpeza, óleos, cremes, sabonetes e maquiagem. “Não temos vontade de ser concorrentes de grandes marcas. Esse número aumentará no máximo até 100”, afirma Marcia. Isso se deve ao fato de operarem sob o conceito de coleções, ou seja, renovando o portfolio a cada estação. “Termos o P&D, que é a Liane, tão próxima da gestão, é o que nos dá liberdade para se reinventar”, diz. Em novembro, elas abriram o primeiro ponto de venda físico da Nuah, em formato de carrinho, no Shopping Iguatemi, em Porto Alegre. O passo agora é franquear esse modelo.
“Por ser compacta, a operação pode chegar a R$ 50 mil, com perspectiva de retorno em até um ano para o franqueado”, expõe Marcia. A projeção de expansão estima 140 franquias em 2017.
“Essa vontade de trabalhar a beleza de forma mais natural está também nos processos estratégicos. Não realizamos testes em animais”, conta Liane. Dentre os fornecedores, estão as principais casas de fragrâncias do mundo, Robertet e a Firmenich, e a alquimia é feita de ativos naturais, água de coco, água de pétalas de rosas, manteiga de carité, extratos de plantas entre outros. É possível encontrar produtos Nuah pelo e-commerce nuah.com.br.
Compartilhe
Artigos relacionados
Comentários ( )
Deixe um comentário

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio