Ceviche tropical do chef Demetrio Mello, do restaurante San Diego Ceviche tropical do chef Demetrio Mello, do restaurante San Diego Foto: LUCIANO GARCIA/EVIDÊNCIA PRESS/DIVULGAÇÃO/JC

Fomos visitar a Praia do Rosa no inverno

Eu nunca tinha ido na Praia do Rosa. O que eu sabia é que era point de surfistas e afins. Imaginei uma praia descolada mas tranquila, algo mais roots do que sofisticado. Não sei se acertei. A Praia do Rosa tem uma particularidade engraçada: estrada de chão e restaurantes de alta gastronomia dialogam perfeitamente. Nas ruazinhas estreitas, algumas sem calçadas, encontramos opções gourmets de tudo quanto é tipo, pousadas e resorts tradicionais da região, que passou a se desenvolver comercialmente há pouco mais de 30 anos, a partir de uma comunidade de surfistas que vivia (e vive) lá.
Tive felizes descobertas, como o escondido restaurante Lua Marinha, da chef Taís Murada, que você chega depois de atravessar vielas que parecem dar em lugar nenhum, a Regina Guest House, pousada criada a partir de um velho engenho de farinha, a Rosa e Canela, pousada em meio ao verde perto do centrinho, o restaurante San Diego, do chef e viajante Demétrio Mello. Uma impressão tirei em comum de quem encontrei: as pessoas escolhem estar lá, porque o local é agradável às suas vidas, como foi o caso de Demétrio.
A vida noturna existe, comer bem existe e também existe a praia preservada. Fui cobrir o evento Agosto del Vino, que é justamente uma estratégia dos empresários locais para trazer o público para a região no inverno. Quero voltar, acho que funcionou.
Compartilhe
Artigos relacionados
Comentários ( )
Deixe um comentário

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio