Porto Alegre, domingo, 01 de janeiro de 2017. Atualizado às 18h03.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Fortunati deixa prefeitura com débito a fornecedores e déficit orçamentário

Prestes a se despedir do posto de prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT) anunciou, na sexta-feira (30), que deixou débitos de R$ 139 milhões com fornecedores para seu sucessor, Nelson Marchezan Júnior (PSDB). O débito com prestadores foi enquadrado como "déficit real" pelo prefeito. Já o chamado déficit orçamentário ficou em R$ 35 milhões, informou o pedetista. O número representa a diferença entre o que foi previsto de receita e a despesa realizada. Com isso, Porto Alegre sai de um resultado orçamentário positivo de R$ 232,6 milhões em 2015, para um número no vermelho, que havia ficado um pouco abaixo do saldo de 2014. Há dois anos o resultado orçamentário foi de R$ 269,3 milhões.
 

FOTO CLAITON DORNELLES/JC