Porto Alegre, quinta-feira, 12 de dezembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
31°C
33°C
17°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0920 4,0940 0,67%
Turismo/SP 4,0800 4,3220 0,13%
Paralelo/SP 4,0900 4,3100 0,23%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
124373
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
124373
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
124373
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

CLIMA Notícia da edição impressa de 31/07/2012

Santa Bárbara do Sul aguarda verbas federais

Camila Freitas, especial

RONALDO PINHEIRO/AGÊNCIA FREELANCER/JC
Meteorologistas ainda analisam fenômeno que deixou, pelo menos, 20 casas destruídas
Meteorologistas ainda analisam fenômeno que deixou, pelo menos, 20 casas destruídas

O forte temporal que atingiu o município de Santa Bárbara do Sul, na noite de sábado, deixou cerca de 40% da área urbana prejudicada. O município, que está localizado na região Noroeste do Estado e que possui cerca de oito mil habitantes, ainda espera para obter o decreto de situação de emergência e receber recursos federais. A homologação pode levar até 20 dias, mas a Defesa Civil Estadual está trabalhando pela redução do prazo para 48 horas.

Conforme explica o sargento Soska, da Defesa Civil Estadual, o levantamento preliminar do incidente contabiliza, até o momento, 123 residências danificadas, 20 destruídas e 50 pessoas desalojadas. Ainda não se sabe quantas pessoas ficaram feridas, mas os bairros mais prejudicados pela ventania foram Leoblein, Centro e Cohab.

De acordo com a Defesa Civil, os serviços devem ser normalizados gradativamente, desobstruindo os locais e vias afetadas, recolocando postes e recolhendo os destroços das ruas. Os bombeiros e uma equipe da Defesa estão atendendo às situações emergenciais dos moradores desde domingo. “A nossa equipe está fazendo um levantamento referente aos subsídios necessários para a comunidade. Há muitos desabrigados”, garante Soska.

O temporal, com ventos que se aproximaram de 150 e 200 km/h, também interrompeu o abastecimento de energia elétrica. Além disso, provocou a queda de uma das torres de telefonia celular do município, deixando a população sem sinal e impossibilitando avaliações mais precisas do acontecimento.

Análise preliminar da MetSul Meteorologia apresenta probabilidade de que um tornado tenha se formado e atravessado parte da área urbana de Santa Bárbara do Sul. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) ainda não confirmou se o que ocorreu na cidade foi, de fato, um tornado.

Para suprir as dificuldades, a Defesa Civil Estadual lançou a campanha SOS Santa Bárbara. Os donativos, principalmente cobertores, colchões e material de higiene, devem ser entregues na central de doações localizada no Centro Administrativo do Estado, na Capital, das 8h às 18h30min, inclusive aos fins de semana.

Além disso, recursos financeiros podem ser depositados na conta do Fundo Municipal de Defesa Civil da Prefeitura de Santa Bárbara do Sul (PMSBS) no Banrisul - Agência 0341, conta-corrente nº 0401084200.

COMENTÁRIOS
Ronaldo Nogueira - 31/07/2012 - 09h32
Estou fazedno uma campanha em minhas redes sociais!!!

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Chuvas no Rio Grande do Sul já atingiram 35,8 mil pessoas
Equipes se deslocam de Porto Alegre para as cidades mais afetadas, de modo a prestar assistência e contabilizar os prejuízos
Brasil anunciará compromisso do clima domingo, mas evita números
O governo brasileiro evita dizer se assumirá metas numéricas para a redução das emissões de gases estufa no país
Período, já marcado por tempestades, virá com maior possibilidade de alagamentos e transtornos
Primavera será de chuva acima da média no Rio Grande do Sul
Chuva de granizo provoca estragos em mais de 50% de Rio Grande
A Defesa Civil do município estima que mais de 3.000 casas foram danificadas pela chuva de granizo, além de escolas e galpões