Porto Alegre, terça-feira, 17 de maio de 2022.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
105916
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
105916
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
105916
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

ENSINO Notícia da edição impressa de 13/07/2012

ESPM-Sul terá incubadora para indústria criativa

GILMAR LUÍS/ARQUIVO/JC
Lucht espera que incubadora da indústria criativa gere um polo
Lucht espera que incubadora da indústria criativa gere um polo

Porto Alegre vem perdendo talentos da chamada indústria criativa para outros centros e até para o exterior. Para estancar essa fuga de riqueza econômica, a ESPM-Sul anunciou a criação de uma incubadora para alavancar empresas no segmento, que pode ser a primeira no País, segundo a instituição. A iniciativa será montada em um prédio pertencente ao município, situado no bairro Azenha, e que poderá envolver investimentos entre R$ 3 milhões e R$ 10 milhões. A operação deve ocorrer até 2015 e deverá ter investimentos públicos e privados.

Um ato realizado nesta quinta-feira marcou oficialmente a cedência de um imóvel de mais de 7 mil metros quadrados de área construída, hoje formado por galpões e que abriga serviços na área de limpeza urbana, na rua Marcílio Dias, à Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), operação Sul.

O diretor-geral da filial gaúcha, Richard Lucht, espera que a ideia seja a semente para um polo gaúcho na área, que reúne desde setores de criação, música, cinema, moda, turismo, comunicação e tecnologia da informação (TI). “Os talentos vão embora porque se deparam com obstáculos à ampliação das atividades. A meta é inverter a lógica, para que esses criadores se desenvolvam aqui”, destaca Lucht.

O convênio prevê repasse do prédio por 30 anos. A instituição de ensino, sem fins lucrativos, começará agora a estudar as instalações para projetar como será a reforma, que tipo de melhorias terá e como será a configuração. O diretor-geral adianta que serão montados espaços para a atuação dos incubados – a meta é atrair até 50 interessados na largada, além de um grupo de empresas já maduras e que poderão comprar serviços das demais atividades.

O prefeito da Capital, José Fortunati, citou que a decisão de ceder o prédio passou por diversas consultas, incluindo o setor empresarial ligado ao comércio do bairro. “A iniciativa vai impulsionar o processo de revitalização da região”, aposta Fotunati. Na Azenha, há movimento de lojistas que busca mudar a fisionomia decadente, e são previstos desde shopping center até o empreendimento da construtora OAS a ser instalado após a demolição do estádio Olímpico.

O vice-presidente corporativo da ESPM nacional, Emmanuel Publio Dias, destaca que a Capital gaúcha ganhou preferência em relação a outras regiões. “É a primeira Incubadora de Empresas da Indústria Criativa do País. Será uma fábrica permanente de inovação e conhecimento aplicado”, valoriza. Estudos da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) e da Fecomércio de São Paulo já haviam identificado Porto Alegre como a segunda capital brasileira, atrás da paulista, para desenvolver e gerar riqueza associada ao setor.

A ESPM-Sul pretende implantar o projeto a partir da captação de recursos de parceiros públicos e privados. Além das incubadas, a meta é dotar o local de auditório e área de convivência para a comunidade. Caso atraia o número esperado de incubadas na fase inicial e empreendimentos já formados, a previsão é de geração de 700 empregos diretos. A expectativa é de que as obras comecem em 2014, após a liberação completa da área e dos projetos para a reforma.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Iniciativa dá os caminhos para que jovens escolham as carreiras conforme o perfil de cada um
Feira de Profissões atrai multidão de jovens em Porto Alegre
Representantes da UniRitter anunciaram a parceria com a Fapa na redação do JC
Através de aliança com Fapa, UniRitter amplia unidades em Porto Alegre
Kroton manterá a marca Anhanguera, que possui campus na zona sul de Porto Alegre
Fusão entre Kroton e Anhanguera cria 17ª maior empresa da Bovespa
Universidades receberão verba para investimentos em cultura
Para a ministra Marta Suplicy, a universidade é um polo de conhecimento e  vai contribuir muito para estas ações