Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
28°C
15°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
212545
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
212545
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
212545
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

DESTAQUES DO ANO - CULTURA Notícia da edição impressa de 14/05/2012

Complexo do São Pedro entra em processo de finalização

MARCO QUINTANA/JC
Projeto tocado por Eva Sopher leva cultura ao Centro de Porto Alegre
Projeto tocado por Eva Sopher leva cultura ao Centro de Porto Alegre

“Da chupeta à bengala. Todo mundo, de todas as idades, de todas as classes sociais. Todos vêm para cá.” Assim Eva Sopher, aos 88 anos, presidente da Fundação Theatro São Pedro, descreve o público dos espetáculos apresentados no prédio que descansa há mais de cem anos em frente à Praça da Matriz. Local que, em breve, fará parte do maior complexo cultural da América Latina, o Multipalco. Dona Eva exibe orgulho enquanto conta as trajetórias de superação de seus dois pupilos.

A empreendedora cultural, natural de Frankfurt, fixou-se na Capital gaúcha em 1960, após ser convidada para chefiar o Pro-Arte, projeto que organizava concertos e espetáculos de teatro. Dona Eva se lembra de seu primeiro contato com o teatro que viria a adotar pelo resto da vida. O encontro foi em um recital de piano, dois meses após sua chegada à cidade. “Foi amor à primeira vista. Porém, também senti desde a primeira vista como tinha coisa errada ali dentro”, referindo-se ao estado em que se encontrava a casa após anos de descaso e abandono.

No primeiro convite que recebeu para coordenar a restauração do São Pedro, Dona Eva inicialmente recusou a proposta. Entretanto, após ouvir de seu marido que “ou tu pegas ou vão derrubar como fizeram com o irmão gêmeo do lado (o antigo o Tribunal de Justiça, demolido após um incêndio em 1950)”, dona Eva não teve dúvidas e abraçou o São Pedro. O resultado é que, desde então, fundiu sua imagem tão fortemente ao prédio que hoje é impossível falar de um sem mencionar o outro.

Já se passaram 52 anos. Dona Eva não só devolveu um São Pedro restaurado e ativo à comunidade porto-alegrense como presenteou-a com outro ambicioso projeto: um enorme complexo cultural com tecnologia e recursos de ponta batizado de Multipalco. Incialmente vítima de desconfiança devido à grandiosidade dos planos apresentados, o projeto sofreu para arrecadar verbas durante a construção. Medidas de incentivo como a Lei Rouanet ou a Lei de Incentivo à Cultura (LIC) burocratizaram e dificultaram o processo de arrecadar financiamento. “Antigamente existiam os mecenas, os cidadãos que faziam questão de participar da cultura. Hoje você dá alguma coisa e pergunta quanto é que volta para mim”, desabafa a gestora cultural.

Por outro lado, é com carinho que Eva se refere aos “queridos” da Associação Amigos do São Pedro. Os mais de mil associados ajudam a custear a manutenção do teatro ao doar mensalmente R$ 45,00, que são revertidos em benefícios como tele-entrega exclusiva de ingressos e desconto de 50% em estreias de peças. “Claro, esses R$ 45,00 são relevantes, mas a fidelidade e o encorajamento que isso nos dá é o mais importante”, diz ela.

Espaço físico terá mais de 20 mil metros quadrados

Começando a fase de finalização do Multipalco, Dona Eva não tem dúvidas do sucesso do futuro centro cultural e compara o descrédito inicial do projeto com a restauração do São Pedro que, após nove anos de dedicação, foi finalizada em 28 de junho de 1984. “Vai acontecer o mesmo que com o São Pedro, as pessoas, durante a obra, não davam valor nenhum, não acreditavam, diziam que não ia ficar pronto nunca. E hoje o Multipalco é um fato que ninguém mais questiona”, afirma.

Já estão finalizados a concha acústica, o restaurante e o estacionamento, mas ainda faltam o teatro italiano, o cineteatro oficina, a sala para a orquestra, as salas para os naipes, as salas voltadas para oficinas e ensaios, o salão para Corpo de Baile e o foyer com quatro lojas e cafeteria para atender ao público. “Em setembro deste ano já será possível usar as salas de ensaios e workshops”, afirma Diego da Maia, assessor do Theatro São Pedro.

O Multipalco e o Theatro São Pedro, juntos, terão um espaço físico maior que o do Lincoln Center de Nova Iorque. São mais de 20 mil metros quadrados voltados para disseminação da cultura e do lazer, tudo isso localizado no Centro Histórico de Porto Alegre. “É absolutamente inédito, no Centro de uma cidade, construir um complexo cultural de oito andares dedicados exclusivamente à cultura”, reafirma dona Eva.

Aos poucos, o trabalho de formiguinha se transforma em um legado para futuras gerações. “Nós escolhemos esta cidade para viver e fomos recebidos de maneira generosa e gentil. Nós abraçamos a cidade e ela nos abraçou. Eu deixo filhos, netos e bisnetos, mas também deixo algo mais”, finaliza Eva Sopher.

Conheça os premiados no Destaques do Ano 2011:
Categorias Premiados
Serviços Pactum
Imobiliária Guarida
Cooperativa Santa Clara
Entidade Conselho Regional de Contabilidade
COMENTÁRIOS
Carlos Frederico Beutler - 14/05/2012 - 12h23
Fantástico o trabalho que Da. Eva faz, do qual felizmente já tive a oportunidade de desfrutar um pouco de tudo isto. Morando entre SP e Rio fica difícil poder assistir a tudo que acontece ai na nossa Porto Alegre, mas é com muita alegria que vemos o novo São Pedro, o Multipalco e também a Fundação Iberê Camargo, que, sem falsa modéstia, coloca POA no circuito da vanguarda das artes e epetáculos. Parabens a Sra. Eva Sopher, com gratidão e carinho!


Carlos Frederico Beutler -
14/05/2012 - 12h35
Fantástico o trabalho que Da. Eva faz, do qual felizmente já tive a oportunidade de desfrutar um pouco de tudo isto. Morando entre SP e Rio fica difícil poder assistir a tudo que acontece ai na nossa Porto Alegre, mas é com muita alegria que vemos o novo São Pedro, o Multipalco e também a Fundação Iberê Camargo, que, sem falsa modéstia, coloca POA no circuito da vanguarda das artes e epetáculos. Parabens a Sra. Eva Sopher, com gratidão e carinho!

imprimir IMPRIMIR