Porto Alegre, sexta-feira, 14 de dezembro de 2018.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
30°C
32°C
23°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9070 3,9090 0,72%
Turismo/SP 3,8700 4,0700 0,24%
Paralelo/SP 3,8800 4,0800 0,24%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
197410
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
197410
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
197410
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

ELEIÇÕES 2012 Notícia da edição impressa de 04/05/2012

PV formaliza apoio a Adão Villaverde na Capital

Juarez Sant’Anna

PV/DIVULGAÇÃO/JC
Dirigentes da legenda anunciaram apoio ao pré-candidato do PT à prefeitura de Porto Alegre
Dirigentes da legenda anunciaram apoio ao pré-candidato do PT à prefeitura de Porto Alegre

A menos de dois meses para o prazo final das convenções partidárias, o Partido Verde passou por uma reviravolta que vai alterar os rumos da sigla nas eleições de outubro. Após quase ter fechado apoio ao pré-candidato e prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), o PV formalizou nesta quinta-feira a aliança com o pré-candidato do PT ao paço municipal, Adão Villaverde.

A posição do PV de apoiar Villaverde só foi concretizada algumas horas antes do anúncio, na manhã de quinta-feira, de acordo com o secretário-geral do partido no Estado, Cláudio Ávila. Para ele, a legenda não teria um protagonismo numa composição com Fortunati, o que foi um dos fatores decisivos para que se integrassem à candidatura petista.

“Não estamos nos somando para ser coadjuvantes, o PV com o prefeito teria um espaço bem menor para apresentar as suas ideias do que no espaço proposto pelo Partido dos Trabalhadores”, considerou.

Ávila informa que o PV colocou como condição para a aliança a indicação do vice de Villaverde e avisou que a sigla não cogita desistir da postulação na chapa majoritária, caso outros partidos menores entrem na disputa.
Os nomes cogitados são o do presidente do Partido Verde na Capital, Giovani Carminatti, e do vocalista da banda gaúcha Chimarruts, Rafael Machado, que é pré-candidato a vereador. O candidato da legenda nas eleições para o governo do Estado em 2010, Montserrat Martins, também postula a vaga.

O coordenador da campanha petista, Gerson Almeida, recebeu com “satisfação” o apoio do PV, mas ressaltou que a posição de vice na chapa do PT só será definida quando a candidatura de Villaverde tiver todas as composições consolidadas.

O desafio do PT é buscar alianças com outras siglas, como o PR e o PPL, que deve formalizar apoio aos petistas em uma reunião-almoço nesta sexta-feira, conforme sinaliza Almeida.

Disputa em Gravataí não deve prejudicar união de siglas

Apesar do anúncio da aliança para a candidatura à prefeitura de Porto Alegre, PV e PT enfrentam uma acirrada disputa em Gravataí, município onde foi formalizada a união entre verdes e petistas. O Partido Verde liderou em 2011 o movimento que resultou no impeachment da então prefeita Rita Sanco (PT). No entanto, o secretário-geral da sigla não quer que os embates partidários no município da Região Metropolitana afetem a candidatura petista na Capital.

“Teremos que ter a habilidade de isolar estas questões do pleito de Porto Alegre”, afirmou o secretário-geral do PV no Estado, Cláudio Ávila, que nesta sexta-feira deixa a Secretaria de Captação de Recursos de Gravataí para assumir nos próximos dias como secretário-adjunto de Planejamento do governo Tarso Genro (PT). Ávila informa que vai atuar no encaminhamento de questões relacionadas à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Rio+20, que acontecerá em junho no Rio de Janeiro.

COMENTÁRIOS
BR - 04/05/2012 - 08h13
Villaverde é verde desde criancinha! Qdo amarelar é q a coisa vai mudar.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
O candidato Luis Lauermann votou no Colégio Pio XII às 9h
Luis Lauermann é eleito o novo prefeito de Novo Hamburgo
Apoiadores de Tarcísio Zimmermann, do PT, fizeram carreata ontem
Campanha eleitoral tem início em três municípios
TSE determina apuração de gastos com horas extras de servidores do tribunal
Os gastos com horas extras no período eleitoral, em especial de setembro a novembro, foram maiores que nas eleições de 2010