Porto Alegre, sexta-feira, 14 de dezembro de 2018.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
34°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,8790 3,8810 0,72%
Turismo/SP 3,8600 4,0600 1,24%
Paralelo/SP 3,8700 4,0700 1,24%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
113838
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
113838
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
113838
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

MÚSICA Notícia da edição impressa de 02/05/2012

Graforréia Xilarmônica comemora 25 anos

Lívia Guilhermano, especial JC

RAUL KREBS/DIVULGAÇÃO/JC
Frank Jorge, Marcelo Birck, Alexandre Birck e Carlo Pianta festejam a parceria com show no Opinião
Frank Jorge, Marcelo Birck, Alexandre Birck e Carlo Pianta festejam a parceria com show no Opinião

São 25 anos de rock gaúcho inteligente e bem-humorado. E, para comemorar, a Graforréia Xilarmônica sobe ao palco do Opinião (José do Patrocínio, 834) hoje, às 22h, com a sua formação original. O show marca também o lançamento de duas músicas do novo single - Tantas Tendências e Chacundum Brega -, além da filmagem de cenas para o DVD do grupo. Os ingressos antecipados custam R$ 20,00 no Estúdio Music Box (Benjamin Constant, 1.544). Na hora, o valor é de R$ 25,00.

O som de Frank Jorge, Marcelo Birck, Carlo Pianta e Alexandre Birck conta com referências da jovem guarda, do rock dos anos 1960, dos Beatles, ao mesmo tempo em que apresenta um estilo próprio. E foi assim desde o início, em 1986. A banda fundada por Marcelo Birck ganhou o nome estranho após uma pesquisa dos integrantes no dicionário, o que ilustra desde cedo a descontração tão característica do grupo.

O reconhecimento veio dois anos depois, com o lançamento da fita demo Com amor, muito carinho. Mas foi em 1995 que a banda estourou com a música Amigo Punk - do primeiro CD, Coisa de louco II -, que virou uma espécie de segundo hino do Rio Grande do Sul, ao trazer elementos próprios do cotidiano do gaúcho. A banda lançou mais dois CDs - Chapinhas de ouro, em 1998, e Ao Vivo, em 2006 - e canções de destaque - como Empregada, Colégio interno e Eu -, conquistando, assim, um público fiel.

E são os clássicos que a Graforréia Xilarmônica leva ao palco do Opinião nesta noite, junto com três músicas inéditas, para agradar tanto os tradicionais quanto os novos fãs. “Além do público que já nos acompanhava, estamos vendo novas pessoas nos shows, o que está sendo muito legal. Existe uma grande expectativa na retomada da formação original da banda,” conta Marcelo Birck (guitarra e vocal).

Para realizar projetos pessoais, ele ficou um período longe da Graforréia Xilarmônica. Com o retorno, nesta nova turnê, a banda está se reinserindo no cenário musical, criando repertório a partir de características já consolidadas aliadas a novas tendências. “Nós estamos retomando uma dinâmica de composição, de pesquisar estéticas e de confrontar ideias. Pensamos sempre na melhor maneira de criar impacto. Hoje em dia, as produções estão saturadas e surpreender é um desafio bem interessante”, analisa Birck, que completa: “A Graforréia se diferencia pelo bom humor, já que pegamos certos elementos e colocamos em outro contexto. Esse choque diverte as pessoas”.

De acordo com o vocalista, a banda está muito mais amadurecida atualmente. As prioridades do quarteto continuam as mesmas: fazer boa música, mantendo a qualidade de estranheza nas letras. Mesmo com a permanência da fórmula principal, o grupo ressalta a busca por novas referências. A letra de Tantas tendências (escrita por Frank Jorge e o próprio Birck), por exemplo, brinca com essa grande difusão de influências culturais: “São tantas emoções, são várias tendências. Techno-brega ou electro-rock. Terra em transe ou Nosferatu”.

Neste novo contexto, a Graforréia Xilarmônica decidiu aproveitar a reunião e pôr o pé na estrada. A banda já se apresentou em Chapecó, São Paulo e Curitiba e, assim, se aproximou também do público de fora do Estado. “Foram muito participativas, mesmo nos outros estados. O relato das pessoas que não conheciam a banda até então é muito parecido com o do público que frequentou o show há 25 anos. Para nós, isso é muito legal, pois significa que a relevância do repertório se manteve e que conseguimos ainda criar impacto”, conta Marcelo Birck.

As expectativas para o futuro são as melhores. Depois de Porto Alegre, a Graforréia Xilarmônica toca em Caxias do Sul, Nova Prata e Pelotas. Além da maratona de shows, a banda se prepara para lançar mais duas músicas e pretende finalizar o novo disco até o final do ano. O DVD ainda não tem data para lançamento e, segundo Birck, não será produzido no formato tradicional, “já que a cara da Graforréia é fazer as coisas de um jeito bem próprio”.

Lembrando toda a história de sucesso e prometendo para o futuro novas produções de qualidade para o rock gaúcho, a Graforréia Xilarmônica terá muito o que comemorar hoje. Um dos desejos da banda é de que o público faça o maior coral de Amigo Punk já registrado na história. E, se depender da vontade desses caras, o som das vozes vai ultrapassar as fronteiras do território gaúcho.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Com Adam Lambert nos vocais, Queen é atração hoje no Gigantinho
Queen, os campeões do rock
Espetáculo que mistura canto à capela com comédia retorna hoje à Capital
A viagem musical do Voca People
Baby do Brasil e Zélia Duncan se apresentam nesta semana no Porto Alegre em Cena
Vozes históricas no Porto Alegre em Cena
Marina Lima traz a Porto Alegre o espetáculo No osso
Marina Lima, poética ao Violão