Porto Alegre, segunda-feira, 09 de dezembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
33°C
35°C
20°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1280 4,1300 0,38%
Turismo/SP 4,0900 4,3400 1,13%
Paralelo/SP 4,1000 4,3300 1,14%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
203437
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
203437
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
203437
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Conexão Política Adão Oliveira
adaooliveira@hotmail.com

Conexão Política

Coluna publicada em 10/04/2012

A decisão do PP

Embora o presidente Celso Bernardi, do PP - Partido Progressista - vereadores e integrantes do diretório municipal tenham agendado reuniões com o candidato José Fortunati,do PDT, não é esperada para antes da segunda quinzena do mês de maio, a definição de com quem marchará a sigla na eleição municipal deste ano, em Porto Alegre.  Amanhã, em Brasília, José Fortunati vai tomar café da manhã com a senadora Ana Amélia Lemos (PP) e com integrantes da bancada federal do PP: José Otávio Germano, Afonso Hamm, Jerônimo Goergen, Luis Carlos Heinze, Renato Molling e Vilson Covatti. Fortunati quer se aproximar da hoje senadora. Na última eleição, Fortunati disse publicamente que os seus candidatos ao Senado seriam Germano Rigotto (PMDB) e Paulo Paim (PT). Foi eleita Ana Amélia Lemos. Mesmo eleita, Ana Amélia não teria esquecido esta preterição.  Em razão disso, sua preferência para a prefeitura de Porto Alegre é a deputada federal do PCdoB Manuela d’Ávila. Reverter este acidente de percurso não será uma tarefa fácil para Fortunati. No entanto, todo o esforço será feito para isso. Em relação à opção do PP para a formação de uma aliança, uma coisa é certa: Ana Amélia Lemos terá uma influência enorme, senão definitiva.

Indivisível Não há hipótese de o partido se dividir, senadora e partido estarão juntos, qualquer que seja a escolha.

Voto aos 16 anos

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio Grande do Sul lançou ontem a quarta edição da campanha “16 anos: Uma idade inesquecível”, em parceria com a Assembleia Legislativa. O objetivo é incentivar os jovens de 16 e 17 anos de idade a votarem nas eleições municipais deste ano. A iniciativa tem o apoio da Associação Gaúcha das Emissoras de Rádio e Televisão (Agert), além de diversas entidades estudantis. A campanha contará com peças veiculadas em rádio e televisão, além de cartazes, fôlderes e outros materiais gráficos.

Parceria

O vice-presidente e corregedor do TRE, desembargador Gaspar Marques Batista, reuniu-se com o presidente da Assembleia, deputado Alexandre Postal (PMDB), na semana passada, para firmar a parceria. As duas instituições já haviam realizado a campanha conjunta em 2002, 2004 e 2010. No encontro, Batista destacou o aumento de eleitores desta faixa etária. Para fazer seu primeiro título, o jovem deve comparecer ao Cartório Eleitoral ou à Central de Atendimento ao Eleitor (CAE) de sua cidade, portando documento de identidade e comprovante de domicílio.

Posse

O desembargador Voltaire de Lima Moraes assumiu, ontem, as funções de corregedor-geral da Justiça (CGJ), em função de decisão liminar do Supremo Tribunal Federal (STF). Moraes, que era o 2º vice-presidente da gestão anterior, permanece no cargo até o julgamento de mérito pelo STF. No ato, o magistrado afirmou que, por um lado, lhe causava estranheza a posse, porque era a primeira vez em que assume um cargo para o qual não foi eleito nem escolhido. Moraes ponderou, entretanto, que também estava à vontade por conhecer a matéria da Corregedoria e por estar familiarizado com o competente trabalho dos juízes-corregedores.

COMENTÁRIOS
Sergio - 10/04/2012 - 18h03
"A farra da FAB" Adão, acabei de ler o artigo sobre um "ROMBO DE 3 BILHÕES" na nossa FAB. Estou pasmo que ninguem da imprensa tenha feito algum comentário. A investigação está com a PF, agora vamos ver se os caras tem "cojones". Baita matéria e os "orgão de imprensa" calados, eita mundo véio!!!!

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
O nível vai baixar!
Depois da vitória esmagadora na pré-convenção do PMDB, no sábado, José Ivo Sartori tirou o domingo para descansar e refletir
‘Basta! Chega de violência’.
A crescente onda de violência, que iniciou em junho do ano passado, atingiu o nível de insuportável
As ideias do PMDB
O tal expediente consiste numa troca de interesses entre o Planalto e a base de sustentação da presidente da República no Legislativo
Tarso quer Zambiasi