Porto Alegre, sexta-feira, 14 de maio de 2021.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
544118
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
544118
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
544118
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Repórter Brasília Edgar Lisboa
[email protected]

Repórter Brasília

Coluna publicada em 16/02/2012

Momento diferenciado

O agronegócio é o propulsor das turbinas do governo federal segundo afirmam parlamentares de diferentes partidos e alguns empresários. Na avaliação do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro (PMDB), o Brasil vive um momento diferenciado.

“Eu estive viajando a Alemanha, a Londres, agora vou à China. Nós estamos vivendo um momento extraordinário no mundo. Todos querem saber do milagre brasileiro. E a agricultura brasileira vai, sem dúvida nenhuma, ser o ponto de partida desse milagre. Nós hoje somos o maior produtor de alimentos do mundo.”

O ministro também projeta melhorias na ponta. “Tem tido uma série de avanços no Ministério da Agricultura e tenho certeza de que vou fazer chegar ações aos estados e municípios. O Brasil é um país diferenciado, precisamos ter uma agricultura diferenciada. É preciso chegar no produtor. Precisamos fazer com que a cadeia produtiva seja alcançada no todo.”

Mendes também planeja dar uma atenção especial ao cooperativismo. “É preciso fortalecer as cooperativas. Precisamos agregar valor trazendo emprego, condições de habitabilidade no campo, condições de qualidade de vida. Assim é que nos vamos vencer a pobreza e permitir que esse homem passa fazer parte da cadeia produtiva.”

Código Florestal

“A lei que nós pudermos aprovar, precisamos aprovar”, afirmou o ministro Mendes Ribeiro sobre a votação do Código Florestal no Congresso Nacional. Ele avalia que “esse Código que foi construído no Senado talvez não seja a lei ideal dos comentaristas, daqueles que acreditam na agricultura e que buscam o desenvolvimento do Brasil. Mas foi o possível de ser construído”, sustenta o ministro.

Acesso à informação

Como deputado federal, Mendes é o autor da Lei de Acesso à Informação. O hoje ministro da Agricultura fez questão de colocar um prazo de seis meses para que a lei entrasse em vigor, justamente para que o governo federal fizesse uma campanha sobre a importância da medida para a sociedade, “porque a lei não é do governo; essa lei beneficia o cidadão, que deve fazer a lei funcionar, tem fazer um pedido de informação ao governo. Se o governo não responder, a lei não está funcionando. Agora, se o governo responder, está funcionando”. Para Mendes o acesso à informação é uma forma de terminarmos com qualquer problema de corrupção no governo.

COMENTÁRIOS
antonio alberto - 16/02/2012 - 14h48
Os produtores rurais precisam urgentemente, trocar o ministro da agricultura.

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Golpe e corrupção
A sessão desta quinta-feira na Câmara deverá ser marcada principalmente por duas palavras: golpista e corrupto
Depósitos judiciais
Está sendo discutido no Supremo Tribunal Federal (STF) o uso de depósitos judiciais para pagar despesas públicas
Estatuto do Desarmamento
A comissão especial que trata do projeto de lei que revoga o Estatuto do Desarmamento deve votar o relatório do deputado Laudívio Carvalho (PMDB-MG) hoje
Brasil chinês
A Câmara dos Deputados aprovou a urgência na tramitação do projeto de lei que regula a compra de terras brasileiras por estrangeiros