Porto Alegre, segunda-feira, 21 de janeiro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
24°C
32°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,7700 3,7720 0,37%
Turismo/SP 3,7300 3,9300 0,51%
Paralelo/SP 3,7400 3,9400 0,51%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
169814
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
169814
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
169814
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Panorama Notícia da edição impressa de 02/01/2012

Cineastas gaúchos buscam financiamento na internet

MARCO QUINTANA/JC
Abel Roland e Lucas Cassales integram grupo que forma o Ajuntamento Criativo.
Abel Roland e Lucas Cassales integram grupo que forma o Ajuntamento Criativo.

Depender do apoio estatal para produzir conteúdo audiovisual já testou a paciência de muitos realizadores brasileiros. A batalha travada contra a burocracia na captação de recursos e a espera da abertura dos escassos editais são apenas alguns dos inúmeros impasses enfrentados por quem faz cinema. Pensando nisso, ao invés de esperar por uma oportunidade, um grupo de quatro jovens cineastas gaúchos resolveu criá-la através do projeto Ajuntamento Criativo.

Composta basicamente por ex-alunos de cinema da Pucrs - Abel Roland, Emiliano Cunha, Iuli Gerbase e Lucas Cassales -, a proposta incentiva o financiamento coletivo de três curtas-metragens: Abismo, O lobo e Só isso, que começam a ser gravados no dia 7 de janeiro. O grupo conta ainda com a ajuda de outros profissionais como o diretor de fotografia Arno Schuh, o assistente de direção Henrique Schaefer, a produtora Letícia Ribeiro e o montador Gabriel Motta. A produtora Sofá Verde Filmes também dá suporte à equipe.

Cassales explica que os roteiros já existiam como argumento, mas foi o modo de produção que uniu os interesses. Para viabilizar a produção, o grupo disponibilizou o site catarse.me. Nele, os interessados podem contribuir com valores a partir de R$ 10,00 e que chegam a até R$ 3 mil. Claro que, caso o colaborador queira investir mais, não haverá impedimento. “Nem estamos ganhando dinheiro. Fizemos (o projeto) para divulgar nosso trabalho e também para protestar à falta de editais que tem no Rio Grande do Sul. Isso acontece de uma maneira geral, mas principalmente com os curtas”, adverte Roland, que classifica a iniciativa como uma “ação-protesto”.

Em contrapartida, dependendo da contribuição, o nome do apoiador pode estar vinculado aos agradecimentos dos créditos finais ou encaixado na categoria de investidor cultural. Quanto mais expressivo for o valor disponibilizado, maiores serão as compensações do “mecenas” em questão, como acesso a links exclusivos, convites e até mesmo a exibição especial dos filmes seguida de janta.

O grupo estipulou a meta de R$ 6,8 mil até o dia 4 de janeiro - data limite da contribuição - para a produção dos três curtas. Cassales explica que, dentro deste orçamento, foram contabilizados trabalhos que não poderiam deixar de ser remunerados, como direção de arte, alimentação, equipamentos utilizados, além da finalização e distribuição. Contudo, superando as expectativas, mesmo que timidamente, até o fechamento desta edição, o Ajuntamento Criativo já havia arrecadado R$ 7,9 mil disponibilizados por 125 pessoas. Cassales conta que durante a mobilização outros profissionais da área manifestaram interesse em participar, mas foi preciso limitar a participação pela falta de recursos. A previsão é de que os filmes estejam prontos até março.

A proposta do Ajuntamento Criativo não chega a ser inédita, já que o crowdfunding (financiamento coletivo) mobilizou ações semelhantes em outras áreas da arte, como o Traga o seu show, que trouxe o grupo Playing for Change para tocar em Porto Alegre no mês de novembro deste ano. Ainda dentro do mesmo segmento, outro filme, o longa Simone, com direção de Juan Zapata, apresenta a mesma proposta, dando a oportunidade de que o público interessado financie a produção. O filme tem previsão de estreia para 2012.

Roland suspeita que exista algum tipo de “preconceito” com a produção de curta-metragem, por isso, em sua opinião, a falta de incentivos. “Conheço diretores finlandeses que trabalham só fazendo curta. É um paradoxo porque você pode vendê-lo para um canal de televisão ou com uma ou duas premiações em festivais já se consegue pagar o curta e ainda fazer o próximo. Eu vejo que há possibilidade de trabalhar com este formato e ainda ganhar grana”, defende o roteirista.

Curtas-metragens do Ajuntamento criativo

• Só isso
Três pessoas ficam obcecadas com a ideia que uma pessoa só tem dela mesma, pois o resto se perde.
Roteiro e direção: Luli Gerbase
Elenco confirmado: Felipe de Paula e Renata de Lélis e Lívia Perrone

• O lobo
No caminho para uma festa, um casal se perde.
Roteiro e direção: Abel Rolando e Emiliano Cunha
Elenco confirmado: Charlie Severo e Fernanda Carvalho Leite e Janaína Pelizzon

• Abismo
Em um presente apocalíptico, humano encontra humano.
Roteiro e direção: Lucas Cassales
Elenco confirmado: Ramon Silvestri

COMENTÁRIOS
maria ferreira - 03/01/2012 - 10h10
tenho orgulho de voce Abel ,pois é neto do do meu querido irmão que ja se foi, boa sorte.


neri -
03/01/2012 - 22h20
É isso aí que esse pais precisa! Vá em frente abrindo este caminho nem que seja a facão. Parabéns. Neri

imprimir IMPRIMIR