Porto Alegre, sexta-feira, 18 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
23°C
16°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1180 4,1200 1,24%
Turismo/SP 4,0600 4,3200 1,09%
Paralelo/SP 4,0700 4,3100 1,14%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
169821
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
169821
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
169821
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

História do Comércio Gaúcho Notícia da edição impressa de 12/12/2011

Taqi revitaliza marca Herval e tem crescimento acelerado

FOTOS GRUPO HERVAL/DIVULGAÇÃO/JC

Com investimentos de mais de R$ 80 milhões previstos para 2012, o Grupo Herval, de Dois Irmãos, mira na profissionalização para se transformar em uma empresa global. A companhia, que possui negócios também na área industrial e de serviços, tem apostado forte nos últimos anos no segmento de varejo para revitalizar a marca.

A Taqi, antiga Lojas Herval, é a principal operação, respondendo por cerca de 40% dos negócios do grupo. São 69 lojas no Rio Grande do Sul e duas em Santa Catarina, com um mix de mais de 40 mil itens, como móveis, eletrodomésticos, material de construção, ferramentas e bazar. "Começamos a investir mais nessa operação na década de 1990 e tivemos um crescimento acentuado nos últimos 15 anos, a ponto de ela se tornar a principal em faturamento do grupo", comenta o diretor-geral do Grupo Herval, Germano Grings.

A mudança do nome de Lojas Herval para Taqi, em 2010, fez parte desse processo de modernizar a marca e também de promover uma série de melhorias no atendimento. Uma pesquisa de mercado realizada em 2005 detectou a necessidade de o grupo reposicionar as suas empresas de acordo com os diferentes mercados nos quais atuava. Assim, lojas passaram a ser segmentadas por Taqi Construção e Ferramentas, Taqi Eletro e Móveis e as mistas Taqi.

Dessa estratégia também fez parte o aumento da presença no varejo de tecnologia. Essa experiência começou com a venda de produtos na própria Taqi e depois se estendeu com a inauguração de unidades especializadas e de grandes marcas mundiais.

A primeira foi a HP Store, revenda exclusiva da HP no Estado com seis lojas. Depois surgiu a oportunidade de a empresa se tornar uma Apple Premium Resellers (APR), conceito de lojas que a multinacional adota em diversos países. Para isso, foi criada a iPlace.

Atualmente são 11 lojas no País, com previsão de chegar a 13 até o final do ano com o lançamento de mais uma unidade em São Paulo e outra em Campo Grande. "Sempre admirei as lojas da Apple nos Estados Unidos e, quando surgiu essa oportunidade de representá-los, abraçamos", relembra Grings.

O trabalho se iniciou no Rio Grande do Sul, mas, na medida em que foi aprovado pela Apple, começaram a surgir novos mercados para a expansão do Grupo Herval com a iPlace, como Santa Catarina, Brasília, Minas Gerais e, mais recentemente, São Paulo. "Hoje somos a maior operadora Apple Premium Resellers no Brasil e queremos nos tornar uma das mais importantes do mundo", projeta o executivo. Além dessas três operações (Taqi, HP Store e iPlace), o Grupo Herval atua no varejo também com três atacados, nas áreas de tecnologia, construção e pneus.

Operação começou como madeireira

A história da Herval iniciou na década de 1950, quando foi fundada como uma pequena madeireira no município gaúcho de Dois Irmãos. Dessa primeira operação, de extração, surgiu a possibilidade de fabricar caixas de sapatos, que antigamente eram exportados em embalagens de madeira. Dos três focos de mercado do Grupo Herval, a unidade industrial é a mais antiga delas e está focada nos segmentos químico, de móveis e de colchões. São sete operações, sendo uma fábrica em Novo Hamburgo, um grande complexo em Dois Irmãos, onde está a sede, e um centro de distribuição em São Paulo.

A Herval identificou a oportunidade de comercializar a madeira extraída, bem como materiais de construção e eletrodomésticos. "Conforme percebíamos a demanda do mercado, íamos ampliando o foco", comenta o diretor-geral do Grupo Herval, Germano Grings. Foi a partir daí que a operação de varejo ganhou força. O terceiro foco de negócios é o de serviços, no qual operam a HS Financeira, a HS Corretora e a HS Consórcios.

Diante de todo esse crescimento, o grupo quer agora profissionalizar cada vez mais a operação, ainda bem caracterizada como familiar. Na terceira geração (hoje está na segunda), é bem possível que os representantes da família estejam apenas no conselho. Segundo Grings, todos estão bem atentos ao ditado ‘pai rico, filho nobre e neto pobre'. "Estamos trabalhando para nos tornarmos uma empresa mais global. Queremos estar na vanguarda e, assim, poder apresentar sempre algo de novo aos nossos clientes", revela.

Próxima semana: Casas Eny

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR