Porto Alegre, sexta-feira, 18 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
27°C
22°C
16°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1140 4,1160 1,34%
Turismo/SP 4,1000 4,3520 0,36%
Paralelo/SP 4,1100 4,3400 0,45%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
373302
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
373302
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
373302
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

História do Comércio Gaúcho Notícia da edição impressa de 28/11/2011

Casa Masson se reposiciona e lança novos produtos

JOÃO MATTOS/JC
Maia planeja expandir operação na Serra gaúcha
Maia planeja expandir operação na Serra gaúcha

Resgatar o desejo do consumidor, lançando produtos de marca própria, com foco na qualidade é o atual desafio da Casa Masson, que vem investindo também em novas unidades, buscando se reposicionar no mercado e reforçar a marca na lembrança dos gaúchos. “Nosso foco de trabalho tem sido no atendimento, na escolha de mercadorias que surpreendam e despertem a compra, dentro da média de preços do mercado”, diz o diretor comercial da marca, Luis Gustavo Maia.

Entre os novos produtos, a empresa investiu recentemente em uma linha de relógios que inclui peças com pedras de diamantes e estrasses, para as mulheres, e pulseiras de couro ou aço inoxidável, para os homens. Outra novidade que chega às lojas em janeiro de 2012 são as lentes de grau com campo de visão 30% maior que as lentes comuns. A inovação é resultado de parceria com uma fabricante alemã, e pode ser adaptada a qualquer armação. Além disso, a marca também apresenta aos gaúchos uma linha de presentes em couro. “São carteiras, pastas, e diversos materiais de escritório, com acabamento diferenciado e preço acessível”, diz Maia.

Registrando crescimento de 20% em 2010, a Masson aguarda resultado semelhante no fechamento de 2011. Leiloada em fevereiro de 1999 e desde então sob a administração de Francisco Maia, também proprietário da Óticas Confiança, a empresa está em plena expansão. Somando três lojas, sendo duas em Porto Alegre e uma em Gramado, a marca estuda avançar na Serra gaúcha. “É um destino que nos atrai muito, por ser um polo econômico interessante”, diz Maia. Ele conta que recentemente foram injetados R$ 2 milhões na inauguração da filial de Gramado, em maio deste ano. “A receptividade do público, incluindo turistas de todo o Brasil, foi muito boa”, destaca. Não é para menos. A Casa Masson é uma empresa centenária, que evoluiu junto com o Estado. Já teve 28 unidades espalhadas em diversas cidades gaúchas e de outros estados brasileiros.

Fundada em 1871, em Porto Alegre, pelo relojoeiro gaúcho Reynaldo Geyer e o joalheiro carioca Leopoldo Masson, a empresa foi inicialmente denominada Pêndula Misteriosa. Anos depois, quando o sócio carioca retornou ao Rio de Janeiro, o empresário gaúcho resolveu prestar uma homenagem ao amigo e mudou o nome da loja para Masson. Visionário, empenhado em oferecer as melhores mercadorias da época, Geyer enfrentava longas viagens de navio até a Europa, de onde trazia relógios e outros itens que se destacavam no varejo, tornando a joalheria e ótica uma referência nacional.

       Empresa foi fundada em 1871, em Porto Alegre. ARQUIVO PESSOAL /DIVULGAÇÃO/JC

Confiança preserva marca centenária

Em constante progresso, 80 anos após sua fundação, a Masson passaria para as mãos de Leopoldo Geyer, que seguiu os passos do pai, Reynaldo, mostrando que o empreendedorismo corria no sangue da família. Ele manteve a busca por artigos importados, em uma época sem facilidades tecnológicas ou logísticas. “O Leopoldo Geyer teve uma visão de comércio que poucos tiveram até hoje”, afirma Francisco Maya, atual presidente da Casa Masson. “Ele criou um sistema de crediário muito eficiente e fundou o CPC no Brasil”, recorda. Mais tarde, Leopoldo foi sucedido pelo filho, Jorge Geyer, que faleceu em 1999, culminando na venda da marca em um leilão público.

Foi aí que Francisco Maia, antigo amigo de Geyer, entrou na disputa pela compra da empresa. “Arrematamos o leilão na mesma época em que estava sendo inaugurado o Moinhos Shopping, em Porto Alegre, e decidimos iniciar a operação naquele empreendimento”, explica. A segunda loja da marca após a venda foi inaugurada no Iguatemi e, há seis meses, a empresa subiu a Serra gaúcha, sendo implementada em Gramado. “Pretendemos abrir uma loja por ano”, projeta o presidente da marca, revelando o desejo de “unir novamente a Masson ao Rio Grande do Sul.”

Próxima semana: Lojas Trópico

COMENTÁRIOS
L A Stock - 30/11/2011 - 06h29
Uma história bonita e de valorização de uma marca que faz parte da história de muitos gauchos.

imprimir IMPRIMIR