Porto Alegre, terça-feira, 15 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
14°C
24°C
16°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1250 4,1270 0,75%
Turismo/SP 4,0900 4,3360 0,88%
Paralelo/SP 4,1000 4,3300 0,93%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
209018
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
209018
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
209018
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

História do Comércio Gaúcho Notícia da edição impressa de 21/11/2011

Ferramentas Gerais projeta aumento de faturamento

DELLA ROCCA/DIVULGAÇÃO/JC
Crescimento nas vendas deve chegar a 15% em 2011
Crescimento nas vendas deve chegar a 15% em 2011

Depois de registrar um faturamento de aproximadamente R$ 600 milhões em 2010, a Ferramentas Gerais prevê um incremento de cerca de 15% para este ano. “Estamos com um crescimento importante em vendas, mas o grande destaque é a disponibilidade de nossos estoques, o que melhorou muito o nível de serviço aos clientes”, salienta o presidente da Ferramentas Gerais e vice-presidente do Grupo SLC, Jorge Logemann.

De acordo com o dirigente, a empresa consegue atualmente despachar, no mesmo dia, mais de 95% dos pedidos que os clientes fazem. Como o próprio nome diz, o carro-chefe da companhia são as ferramentas, que podem ser de corte, usinagem, manuais e elétricas, além de uma ampla linha de abrasivos, materiais elétricos, rolamentos e correias, equipamentos de medição, EPIs (equipamentos de proteção individual), máquinas, equipamentos de solda e outras linhas, totalizando mais de 130 mil itens no mix de produtos.

A Ferramentas Gerais é controlada pelo Grupo SLC, que também é composto pelas empresas SLC Agrícola, SLC Alimentos, SLC Comercial e Hotel Ouro Verde. O grupo como um todo está entre as companhias que superam o patamar de R$ 1 bilhão ao ano em faturamento. No caso específico da Ferramentas Gerais, Logemann destaca que a companhia é a maior empresa brasileira no setor de suprimentos industriais.

Fornece soluções completas em produtos destinados ao segmento de manutenção e reparo e operação (MRO), para os mais variados setores industriais e de serviços. Possui 12 unidades localizadas nos municípios gaúchos de Porto Alegre, Viamão e Caxias do Sul, em Santa Catarina (Joinville), Paraná (Curitiba), São Paulo (Itu, São José do Rio Preto e a capital paulista), Minas Gerais (Belo Horizonte), Bahia (Salvador), Alagoas (Maceió) e Pernambuco (Recife).

Conta ainda com Centros de Distribuição em todas as suas unidades, sendo que os maiores estão localizados em Joinville, Curitiba, Itu e Viamão – este considerado um dos mais modernos do País, com 35 mil metros de área construída.

A empresa trabalha com cerca de 1,5 mil fornecedores nacionais e internacionais. Atende a mais de 120 mil clientes, entre pequenas, médias e grandes indústrias dos mais diversos segmentos e prestadores de serviço. Atualmente, a companhia tem 1,7 mil colaboradores diretos, sendo mais de 950 na área comercial e cerca de 600 vendedores para o atendimento dos canais loja, televendas e vendas externas. “Nosso objetivo é continuar melhorando o atendimento e nível de serviços aos clientes, e aumentar nosso mix de produtos, adequado aos mercados onde atuamos”, afirma Logemann.

Empresa foi fundada por Walter Herz em 1957, na avenida Farrapos.FOTO: FERRAMENTAS GERAIS/DIVULGAÇÃO/JC

Grupo SLC impulsiona crescimento da empresa

O grande salto na história da Ferramentas Gerais ocorreu no ano de 2001, quando o Grupo SLC assumiu o controle acionário. “A partir daí, a empresa dobrou de tamanho, tanto em relação à estrutura física quanto ao faturamento anual”, lembra o presidente da Ferramentas Gerais e vice-presidente do Grupo SLC, Jorge Logemann. Nos anos seguintes, a companhia inaugurou unidades em São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Rio Grande do Sul.

A companhia tem o crescimento em seu DNA. Fundada por Walter Herz em 1957, na avenida Farrapos, próximo à zona industrial de Porto Alegre, a empresa começou como uma pequena loja para vendas no balcão. Em pouco tempo, transferiu-se para um ponto melhor na rua Voluntários da Pátria. Alguns anos depois já era a maior do ramo na Capital gaúcha.

Em 1965, a Ferramentas Gerais assumiu a Ico Comercial, de Curitiba, em 1973, incorporou a Casa do Aço, de Joinville, e em 1979 adquiriu a Ferragem Kircher Hillmann, fundada em 1919, em Porto Alegre. Em 1997, inaugurou sua primeira Factory Store. Foi uma das pioneiras em atuar com o conceito que consiste em manter, dentro das dependências do cliente, um almoxarifado. O cliente só paga o que consumir. Atualmente, possui 30 factories nas principais indústrias do País.

Próxima semana:Masson

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR