Porto Alegre, sexta-feira, 18 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
24°C
23°C
16°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1180 4,1200 1,24%
Turismo/SP 4,0600 4,3200 1,09%
Paralelo/SP 4,0700 4,3100 1,14%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
212234
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
212234
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
212234
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

História do Comércio Gaúcho Notícia da edição impressa de 07/11/2011

Pompéia inova para se consolidar no mercado

LOJAS POMPÉIA/DIVULGAÇÃO/JC
Tudo começou em 1953, com a abertura da loja A Principal, em Camaquã
Tudo começou em 1953, com a abertura da loja A Principal, em Camaquã

A contemporaneidade vem permitindo que o comércio ofereça, em diferentes lojas, uma ampla gama de produtos para públicos e gostos diversos. As tendências têxteis convergem para um único ponto de venda e, independentemente do estilo, existem estabelecimentos que conseguem suprir os desejos de todos eles através de um sistema multimarcas. Hoje, a Lojas Pompéia foca sua estratégia em conceitos de moda, a fim de adequar seu portfólio à preferência de seus consumidores. Apesar de estar caminhando lado a lado do universo fashion, a trajetória da rede teve um início bem diferente.

Tudo começou em 1953, com a abertura da loja A Principal, em Camaquã, numa parceria entre os irmãos Lins Ferrão e Waldemar Ferrão. Especializada em artigos masculinos, a loja continuou suas atividades até a década de 1970, quando Lins percebeu que o verdadeiro poder de consumo estava se transformando, com destino às mãos das mulheres. Diante da mudança, o empresário investiu na remodelação de sua loja. Em 1974, nascia a primeira Loja Pompéia, com a proposta de atingir o público feminino, masculino, infantil, além de cama, mesa e banho.

A superintendente de marketing e vendas da rede, Carmen Ferrão, afirma que o espírito de atentar às transformações do mercado continua no radar das Lojas Pompéia, sendo, aliás, um de seus principais pilares. Em 2000, os gestores tiveram a percepção de que oferecer tudo o que os clientes precisavam em termos de vestuário não era o suficiente. Era preciso disponibilizar aquilo que eles queriam. E foi assim que desde o início da década passada a rede começou a oferecer peças que vão além do básico. "Foram muitas mudanças nesses últimos anos, e a Pompéia vem se reposicionando para acompanhar a tendência de mudança também dos clientes para atingir novos desafios", diz.

Carmen destaca que para se manter viva no varejo de moda, a Pompéia está priorizando a inovação, estratégia associada ao projeto de expansão. A rede conta, hoje, com 63 lojas espalhadas pelo Rio Grande do Sul. O planejamento estratégico da companhia prevê que até 2015 sejam 100 lojas em atividades no Estado, a 64ª deve ser inaugurada em Capão da Canoa até o fim deste ano. Além disso, 2012 se aproxima com a expectativa da entrada do e-commerce entre as vendas da rede. "Estamos em estudo para começar nossa venda pela internet e contemplando a expansão com lojas de rua e shopping", destaca a executiva.

Entre as estratégias arquitetadas pela rede estão o apoio a eventos nos munícipios onde tem unidades instaladas, além da elaboração de suas próprias ações. A principal delas é o Pompéia Fashion Weekend, que em 2011 chegou a sua terceira edição. Durante um final de semana de setembro, a unidade da Pompéia do Centro da Capital vira palco de desfiles, demonstrações de maquiagem e consultoria de moda. "E tudo isso totalmente gratuito, pois a gente quer cada vez mais fortalecer os laços com os nossos clientes", argumenta Carmem. Ela destaca que o foco em moda é uma necessidade em tempos onde o consumidor tem mais informação e está mais exigente. As Lojas Pompeias querem atender os requisitos de moda conforme as tendências mais recentes lançadas. A loja já conta com consultores itinerantes, que visitam lojas da Capital e interior para ajudar as consumidoras a combinar peças antes de levar para casa. A ideia é que no ano que vem todas as lojas tenham seu próprio consultor.

Sucessão é desafio que está sendo vencido

Um dos principais desafios para perpetuar uma marca como a Lojas Pompéia é a gestão, compartilhada entre membros da mesma família. Hoje, a segunda e a terceira geração administram a empresa, em um processo de sucessão planejado durante 15 anos pela geração de Carmem. À frente da área de marketing e vendas, a superintendente explica que para funcionar o processo contou com o apoio de uma consultoria especializada na sucessão em empresas familiares.

A principal preocupação dos atuais gestores é manter as diretrizes originais propostas pelos irmãos Lins, reafirmando o papel de cada integrante da família na engrenagem que move a companhia. "Nosso desafio para os próximos anos é como a gente cai continuar

Próxima semana:Dabdab


COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR