Porto Alegre, sexta-feira, 14 de dezembro de 2018.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
30°C
32°C
23°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9070 3,9090 0,72%
Turismo/SP 3,8700 4,0700 0,24%
Paralelo/SP 3,8800 4,0800 0,24%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
148903
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
148903
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
148903
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Polêmica 01/11/2011 - 19h15min

Tribunal de Justiça responde críticas de dom Dadeus Grings

MARCELO G. RIBEIRO/JC
Dom Dadeus Grings acusou o Poder Judiciário após ser condenado em ação de R$ 940 mil
Dom Dadeus Grings acusou o Poder Judiciário após ser condenado em ação de R$ 940 mil

Depois que o de Judiciário brasileiro ter se tornado alvo de críticas por parte do arcebispo de Porto Alegre, dom Dadeus Grings, nesta segunda-feira (31) durante entrevista coletiva na Catedral Metropolitana, o presidente do Conselho de Comunicação Social do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Túlio Martins, respondeu às acusações em nota publicada no site da TJ-RS, nesta terça-feira (1).

O religioso e a Diocese de São João da Boa Vista, em Mogi Guaçu (SP), foram condenados a pagar uma indenização de R$ 940 mil por danos morais contra uma família da cidade. O processo tramitou por 16 anos e a condenação foi divulgada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo no dia 21 de outubro. O religioso terá que pagar cerca de R$ 500 mil. O restante do valor será pago pela diocese paulista. Insatisfeito com veredito, dom Dadeus Grings fez duras críticas ao Poder Judiciário. (Confira as acusações feitas por dom Dadeus Grings)

A manifestação do arcebispo gerou muita polêmica e causou a indignação do Judiciário. De acordo com a nota oficial, o desembargador afirma que o arcebispo "mais uma vez optou pelo caminho da agressão e do escândalo" frente a uma condenação judicial. O texto ainda rebate as acusações, classificando o religioso como um homem "intolerante" e "preconceituoso".

"Dom Dadeus, ao apresentar-se como um homem intolerante, agressivo, preconceituoso, vingativo e rancoroso, mostra-se a antítese do cristão de que nos fala a Bíblia. A Igreja Católica não merece ser colocada no centro de polêmicas equivocadas e movidas por simples recalques e frustrações pessoais. O arcebispo deveria deixar as questões legais para os corretos e competentes advogados da Cúria Metropolitana e, à sua vez, submeter-se com humildade às lições de convivência e urbanidade pregadas por sua própria religião", sugere o desembargador na note.

Leia também:

Condenado em ação, dom Dadeus faz críticas ao Judiciário

COMENTÁRIOS
ezequiel - 02/11/2011 - 03h48
eu queria saber porque a maioria das matérias no brasil vem com ortográficos como se não fossem feitas editadamente antes,bem se a ortografia é ruim sera que a matéria é tendenciosa.


PAULO SERGIO DALL AGNOL -
02/11/2011 - 12h33
O que é isto afinal? Estamos numa democracia somente qdo munteressa a alguns? Porque ele não pode dizer o que pensa do judiciário? São uns déspotas estees juizes. Ninguem pode dar opinião sobre o seu trabalho? Cade a liberdade de expressão? O judiciário esta fazendo o papel dos tiranos que não podem ser criticados pelo povo. Isto é uma verdadeira anarquia.


Salito -
02/11/2011 - 20h26
O erro (mais um) do padreco foi assacar libelo contra TODO o judiciário. É doido mesmo, merece compaixão.


paulo antonio barela -
02/11/2011 - 22h25
Os Leitores devem se ater cuidadosamente, aos termos contidos na nota publicada no site do TJ-RS. Eles, a meu ver são demasiadamente ríspidos. Mas, cada um, tem o direito de tirar suas conclusões. Sinceramente penso que o TJ não teve melhor sorte ao redigir e publicar a matéria. Vejam que ela demonstra alguma falta de um conteúdo equilibrado, que alías, sempre deve acompanhar, e que de fato acompanha a grande mairia dos magistrados brasileiros. O que vimos em parte da nota é um verdadeiro ataque ao Dom Dadeus Grings. O judiciário não deve ser expor publicamente de tal forma. Os termos, a nosso, estão longe de ser os mais apropriados. Quanto ao Dadeus, o que teria feito de tão grave para merecer tamanha condenação? Será que o sofrimento das vítimas foi corretamente aferido?


Flávio -
03/11/2011 - 00h03
O Poder Judiciário, de forma geral, quando criticado ou ofendido, tem mostrado ao acusador toda a sua força e poder. De igual forma age com seus "protegidos". É o círculo vicioso da corrupção. Esta é a NOSSA justiça: "excelente para poucos". Seus julgados ferem os princípios legais e morais. Se a justiça quer justiça, que inicie por seus membros. Já houve tempo do AI-5 e censura. Clamamos pelo pensamento e imprensa livres.


SANDRO SANTOS CRUZ -
04/11/2011 - 03h00
Foi condenado pela justiça, pague o que deve! Esses cléricos cristãos devem e muito para toda a sociedade, deveriam sim, ser condenados por crimes contra a humanidade que fizeram por séculos e que nunca deveriam prescrever e continuam a fazer ate os dias de hoje, onde a cúpula desses indivíduos protege criminosos (cléricos) pedófilos pederastas, esses sim deveriam responder criminalmente e cumprir suas penas em regime fechado. O cristianismo está ruindo, mais duas ou três gerações para ser extinto.


Fabio -
05/11/2011 - 00h24
Caro Sandro Santos Cruz vc é uma pessoa que merece compaixão pois o fato é que a causa que estamos apoiando é contra a corrupção cujo vc deve fazer parte pois acostumou a viver sendo massacrado por um pais cheio de ladrões e exploradores quando D Dadeus levanta a voz esta voz é profética e naum de um zé ninguem como vc que só sabe balançar a cabeça para a bandidagem pare e pense antes de comentar pois fica feio pra ti

imprimir IMPRIMIR