Porto Alegre, terça-feira, 17 de setembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
17°C
24°C
14°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1000 4,1020 0,29%
Turismo/SP 4,0400 4,2800 0%
Paralelo/SP 4,0500 4,2900 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
128553
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
128553
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
128553
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Artigo Notícia da edição impressa de 24/10/2011

Indignação nacional

Carlos Gastaud Gonçalves

O movimento iniciado no Senado contra a corrupção que grassa neste País, tanto na administração pública quanto na área política, merece a atenção e a obrigação da sociedade civil de se alertar e indignar, dando sua adesão a esta ação, necessária e imprescindível, numa demonstração nacional de que não aceita e nem pactua com esta situação. A corrupção que prevalece na mídia, diuturnamente, com desfaçatez, põe em jogo a capacidade e a responsabilidade das autoridades na tomada de posições, menosprezando os direitos cívicos do povo brasileiro. Sem respeito à Constituição, sem harmonia entre os Poderes constituídos, sem o devido respeito à hierarquia e à disciplina dentro das Forças Armadas, sem o respeito às autoridades, sem segurança, ordem e paz não é possível administrar o País, lutar pela melhoria do povo, nem trabalhar pelo desenvolvimento e progresso do Brasil. O desprezo dado à Educação, ao longo dos anos, comprometeu a formação moral e institucional de nosso povo, permitindo que a ignorância e a incompetência usurpassem o direito constitucional de se lhe oferecer a formação educacional e intelectual compatível com a era presente. Este quadro que denigre a imagem do País nos leva a exigir dos Poderes constituídos um basta para esta situação de humilhação, vergonha e sacrifícios que impera e sufoca o povo brasileiro.

A presidente Dilma Rousseff não pode ficar impassível a este torpor governamental, no que se refere ao avanço da irresponsabilidade e desonestidade que se enraizaram na esfera pública do País. Merece receber, assim, o referendo da sociedade civil às suas ações corretivas, para que as faça com destemor, no combate a esta afronta quanto aos desvios éticos de ministros demonstrando incapacidade moral e intelectual. Esta situação real que vivemos exige e requer que seja institucionalizado o regime de “ficha limpa”, em todos os Poderes da República. O povo brasileiro deve demonstrar ativamente que está atento e que não aceita esta situação.

Economista

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Acorda, Brasil
A maré da indignação nacional, por força de suas vertentes naturais, rompeu os diques da tolerância popular e se espraiou com a violência de um tufão
O Dia Mundial do Turismo no Rio Grande
Domingo, dia 27 de setembro, será comemorado o "Dia Mundial do Turismo no Rio Grande do Sul"
Dilma: pague a compensação da Lei Kandir
Aprovada em 1996, a lei federal isenta o ICMS de produtos e serviços para exportação
Fusões & Aquisições, oportunidade e risco
Quatro vezes um é igual a um! Essa é ainda a matemática feita pelo investidor estrangeiro em relação ao Brasil