Porto Alegre, terça-feira, 16 de julho de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
8°C
17°C
8°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,7550 3,7570 0,48%
Turismo/SP 3,7000 3,9000 0,25%
Paralelo/SP 3,7100 3,9100 0,25%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
115213
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
115213
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
115213
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Gravataí 15/10/2011 - 16h21min

Câmara cassa mandato de prefeita e do vice em sessão de 30 horas

Atualizado às 16h55min

Câmara Municipal de Gravatai/Reprodução/JC
A leitura do processo que iniciou na sexta-feira só foi concluída na manhã deste sábado
A leitura do processo que iniciou na sexta-feira só foi concluída na manhã deste sábado

Em uma sessão que começou ainda na manhã de sexta-feira (14) e se arrastou por mais de 30 horas, a Câmara de Vereadores do Município de Gravataí cassou o mandato da prefeita Rita Sanco (PT) e votou o afastamento do vice-prefeito Cristiano Kingeski (PT).

A leitura do processo - que chegou a ser suspensa na madrugada pela suspeita de que um manifestante estivesse armado - foi retomado na manhã de hoje e a votação só foi concluída por volta das 16h deste sábado (15). A maioria do plenário - garantida pelos 10 votos da oposição contra 3 - decidiu pela cassação da prefeita.

Durante o processo, aliados e correligionários de Rita já articulavam um recurso judicial para reverter a decisão da Câmara que acatou os 11 itens do processo contra a administração municipal. Agora, o presidente da Câmara de Gravataí, o vereador Nadir Rocha (PMDB), deve assumir a chefia do executivo municipal até que o plenário defina como será escolhido o novo prefeito.



COMENTÁRIOS
rosana - 15/10/2011 - 20h46
Adeus PT .


Décio Scheid -
15/10/2011 - 22h24
Se essa moda pegar por aí sabe lá no que vai dar....Não sou eleitor de Gravataí, mas me preocupa o fato em si.Como pode 10 vereadores atropelarem os milhares de eleitores que votaram nela. Porque sair de casa, votar em algum candidato ao executivo se depois o legislativo pode destituir o eleito.A forma como foi cassada abre precedentes para golpes políticos com interesses meramente partidário e obscuros, não contribuindo para uma maior credibilidade das nossas instituições. Acredito que um plebiscito popular seria uma forma mais conscientizadora e democrática para resolver o problema. Precisamos fazer uma leitura mais criteriosa do fato e ficarmos atentos aos verdadeiros interesses em jogo...


Evanilda Corrêa Pinto -
16/10/2011 - 02h43
Nova eleição! Não concordo que os algozes se elejam entre eles. O novo prefeito deve ser eleito pelo povo. Isto é ser justo com a verdade e a justiça.

imprimir IMPRIMIR