Porto Alegre, quinta-feira, 19 de setembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
16°C
19°C
12°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1310 4,1330 0,68%
Turismo/SP 4,0400 4,2700 0,23%
Paralelo/SP 4,0500 4,2800 0,23%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
209497
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
209497
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
209497
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

AGRONEGÓCIOS 14/09/2011 - 19h15min

Governo vai implantar Câmara do Fumo para debater alternativas

Caroline Bicocchi/Palácio Piratini/JC
Tarso e secretários estiveram em Santa Cruz do Sul para debater questões regionais
Tarso e secretários estiveram em Santa Cruz do Sul para debater questões regionais

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio vai implantar a Câmara Setorial do Fumo, espaço que servirá para discutir alternativas de enfrentamento às consequências da Convenção Quadro sobre o Controle e o Uso do Tabaco. A determinação foi dada ao secretário Luiz Fernando Mainardi pelo governador Tarso Genro, no Seminário Pró-desenvolvimento Regional do Vale do Rio Pardo e do Centro Serra, realizado nesta quarta-feira (14), no Clube União, em Santa Cruz do Sul.

Esse tratado internacional parte do reconhecimento pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de que a propagação da epidemia do tabagismo é um problema global com sérias conseqüências para a saúde pública. A OMS considera o consumo de produtos de tabaco como um fator de risco à vida a ser controlado com alta prioridade, tendo em vista a elevada ocorrência de mortes associadas ao tabagismo em escala mundial.

O Governo do Estado quer, na Câmara Setorial que reunirá todos os elos da cadeia produtiva vinculados à fumicultura, encontrar mecanismos que garantam, por um lado, a continuidade desta atividade e, de outro, o início de discussões para apontar alternativas de reconversão que rompam com a monocultura do fumo.

O Estado não pode ser irresponsável e forçar os produtores a desistirem de produzir sem apontar alternativas, afirma o secretário Mainardi. "A cultura do fumo é muito importante nesta região, que planta cerca de 86 mil hectares, gerando um movimento econômico de mais R$ 589 milhões, cultura que é responsável por 64% do retorno de ICMS".

Para Mainardi, esse é um debate mundial e não há como fugir dele. "A partir da determinação do governador Tarso, vamos enfrentar o problema de frente e buscar alternativas para os produtores e para a economia da região", concluiu o secretário.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Anele diz que projeto Brazilian Rice ajuda a exportar arroz beneficiado
Projeto para exportar arroz beneficiado será estendido
Valor projetado para setembro é de R$ 0,814 o litro, aponta Conseleite
Preço do leite registra leve queda no Rio Grande do Sul
Aumento da umidade nos próximos dias vai retardar semeaduras
Clima ameaça a produtividade e o plantio
Agricultores participantes têm orientações para melhorar a produção
Programa incentiva boas práticas no meio rural