Porto Alegre, quinta-feira, 23 de setembro de 2021.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
338163
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
338163
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
338163
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

mercado financeiro 14/07/2011 - 13h29min

Bovespa segue bolsas europeias e abre no vermelho, dólar cai

Agência O Globo

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) iniciou as operações no campo negativo. Após cerca de 40 minutos de negócios, o Ibovespa recuava 0,59%, para 60.313 pontos. Na quarta-feira (13), após seis baixas consecutivas, o Ibovespa conseguiu avançar 1,62%, aos 60.669 pontos. O giro financeiro atingiu R$ 6,8 bilhões. Na Europa, o mercado repercutia a possibilidade de rebaixamento do rating dos Estados Unidos, levantada pela agência Moody's, no caso de um eventual fracasso para o elevamento do teto da dívida que venha a colocar o país em moratória.

No mercado de câmbio, o dólar comercial caía 0,06%, negociado a R$ 1,573 na venda. Entre os ativos de maior peso no Ibovespa, Vale PNA perdia 0,12%, para R$ 46,32; Petrobras PN cedia 0,47%, a R$ 23,28 e OGX Petróleo ON registrava queda de 0,77%, a R$ 14,01.

Os investidores e operadores nos mercados acionários europeus repercutem a possibilidade de rebaixamento do rating dos Estados Unidos pela agência Moody's e a ação da Fitch sobre a Grécia. Também merecem atenção o caso da Itália e indicadores econômicos americanos, como vendas no varejo e pedidos de seguro-desemprego.

Por volta de 10h40, em Londres, o FTSE 100 cedia 0,51%. O CAC 40, de Paris, caía 0,69%. O DAX, de Frankfurt, diminuía 0,48%. O IBEX 35, de Madri, apresentava declínio de 0,44%. O FTSE MIB, de Milão, perdia 0,68%.

Ontem, a Moody's alertou que a nota soberana americana pode ser revisada para baixo em decorrência da discussão da ampliação do teto da dívida do país. Para a agência, há pouco tempo para a Casa Branca e o Congresso chegarem a um acordo e evitarem uma moratória.

No mesmo dia, a Fitch reduziu o rating da Grécia de "B " para "CCC", na ausência de um segundo programa crível de ajuda da União Europeia e Fundo Monetário Internacional (FMI).

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Ibovespa melhora, mas não escapa da 5ª queda seguida
Bovespa trabalhou parte da tarde desta quinta-feira em alta, mas não conseguiu escapar de terminar no vermelho
Juro futuro tem forte queda após ações do BC e Tesouro
Sessão de negócios teve dois momentos completamente distintos, com forte alta pela manhã e forte baixa à tarde
O mercado de câmbio teve dois momentos completamente distintos nesta quinta-feira
Dólar perde fôlego após fala de Tombini e cai 2,15% em dia de variações extremas
Em dia de recuo do dólar, petróleo fecha em alta após 2 dias de baixas
Os preços do petróleo subiram nesta quinta-feira (24) recuperando terreno depois de dois dias consecutivos de quedas, em dia de baixa do dólar diante do iene e do euro