Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
28°C
15°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
466488
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
466488
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
466488
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

PETRÓLEO 24/08/2009 - 18h03min

Ato pelo pré-sal reúne centenas de pessoas em Porto Alegre

Ana Paula Aprato/JC
Ato Público aconteceu nesta segunda, no Centro de Porto Alegre.
Ato Público aconteceu nesta segunda, no Centro de Porto Alegre.

O Comitê Gaúcho em Defesa do Pré-Sal promoveu, nesta segunda-feira (24), ato público na esquina democrática, centro de Porto Alegre. Centenas de pessoas, ligadas a alguma das 40 entidades signatárias do Manifesto Gaúcho em Defesa do Pré-sal, participaram do ato, que também teve caminhada até a Praça da Alfândega.

Na ocasião, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ivar Pavan (PT) participou do ato e  revelou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará o anúncio das medidas a serem tomadas com relação a camada de petróleo na próxima senana. “O presidente Lula deverá definir se o governo brasileiro recompra as ações da Petrobras ou se cria uma nova empresa estatal para a exploração do petróleo existente naquela camada profunda”, disse.

A manifestação teve ainda a participação de centrais sindicais (Central Única dos Trabalhadores, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil e Central Geral dos Trabalhadores do Brasil), Sindicatos dos Petroleiros e entidades representativas da sociedade civil organizada, como a Ordem dos Advogados do Brasil/RS (OAB/RS), Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris), Associação dos Engenheiros da Petrobras (Aepet), Sociedade de Economia, Sindicato dos Engenheiros e Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio Grande do Sul (CREA/RS).

O presidente da Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris), Carlos Cini Marchionatti, ressaltou a importância da mobilização social para garantir a riqueza que “poderá ser a redenção econômica do Brasil”.

COMENTÁRIOS
Lucas K. Oliveira - 24/08/2009 - 22h01
O petróleo do pré-sal é estratégico para o Brasil. Não apenas porque é a maior reserva petrolífera descoberta nas últimas décadas, mas também porque pode ajudar no desenvolvimento industrial e tecnológico, gerando emprego e renda no país. Se o Brasil reinvestir apenas 10% dos recursos do pré-sal em tecnologias de ponta para substituir o petróleo, será o primeiro país do mundo a realizar a transição tecnológico-produtiva para a "Era pós-petróleo". A manifestação desta segunda-feira foi muito interessante; muita gente e representantes de várias organizações sociais. É apenas um esboço do que teremos que fazer para impedir que esta riqueza fique para as corporações petrolíferas multinacionais.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Convocação de Dirceu já era dada como certa
CPI da Petrobras aprova convocação de José Dirceu
Não haverá acordão, diz novo ministro da CGU
O novo ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Valdir Simão, mal assumiu o órgão e já se encontra às voltas com o tema que mais causa apreensão
Venina nunca fez denúncias de corrupção, afirma Graça Foster no JN
Venina acusa a presidente da Petrobras de omissão diante de avisos da existência de um esquema de corrupção na empresa
Dilma decide reavaliar ministério após lista da Petrobras
O vice-presidente Michel Temer, que comanda o PMDB, deve conversar com Dilma na segunda-feira sobre a composição do Ministério e já marcou uma reunião, no mesmo dia, com a bancada da Câmara