Porto Alegre, domingo, 19 de setembro de 2021.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
204269
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
204269
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
204269
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Copa 2014 Notícia da edição impressa de 18/05/2011

Caxias do Sul aposta no planejamento para o Mundial

Roberto Hunoff, de Caxias do Sul

LUIZ CHAVES/PREFEITURA DE CAXIAS DO SUL/JC
Cidade criou um grupo de trabalho, preparou seminário e nomeou o jogador Washington como embaixador.
Cidade criou um grupo de trabalho, preparou seminário e nomeou o jogador Washington como embaixador.

Desde fevereiro de 2009 a comunidade de Caxias do Sul está mobilizada para tornar a cidade campo base de uma seleção de futebol na Copa do Mundo de 2014. A prefeitura, juntamente com a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC), está à frente do movimento que envolve mais de 40 entidades, integrantes do denominado Grupo de Trabalho Copa 2014. O grupo é responsável por elaborar e executar o planejamento estratégico, tático e operacional voltado à ratificação oficial e preparação de Caxias do Sul.

Após o primeiro ano de trabalho foi elaborado o Caderno de Intenções, documento de 100 páginas que apresenta a cidade e o que já tem a oferecer em infraestrutura. O caderno traz informações referentes às características socioeconômicas, turismo e eventos, cultura, esporte e lazer, saneamento básico, limpeza, imprensa, aeroporto, transportes e mobilidade, segurança pública e serviços médicos, além das estruturas dos clubes SER Caxias e Juventude e do Instituto de Medicina do Esporte da Universidade de Caxias do Sul (UCS).

Outra iniciativa foi enviar à África do Sul, por ocasião da Copa de 2010, uma missão técnica integrada por representantes de sete entidades com o propósito de conhecer os caminhos para tornar a cidade campo base. O secretário municipal do Esporte e Lazer, Felipe Gremelmaier, observou que a viagem permitiu conhecer as dificuldades a serem superadas para que a cidade alcance seu objetivo. Ele lembrou que dos investimentos consolidados apenas 15% são nos estádios. O restante é na infraestrutura.

Na avaliação do prefeito José Ivo Sartori, a cidade está bem preparada na infraestrutura esportiva, de mobilidade e de hospedagem, além de preparar pessoal para ser voluntário. Mas sustenta que é importante a região toda se beneficiar deste processo. "Nosso objetivo é trabalhar conjuntamente, não rivalizar com as demais cidades que também buscam esta condição. Precisamos é encontrar, por meio do entendimento, o melhor para todos."

Caxias do Sul também realizou o fórum “Caxias Campo Base Copa 2014: Oportunidades Locais e Regionais com o Mundial de Futebol, com o objetivo de propagar sua candidatura. O evento conscientizou empresários, estudantes, imprensa e comunidade sobre a importância de preparar a cidade para a Copa, sob o ponto de vista cultural, econômico e de infraestrutura.

O presidente da CIC, Milton Corlatti, apelou à classe empresarial para que desde já comece a capacitar seus colaboradores a fim de bem receber, servir e informar os visitantes que virão ao Estado de todas as partes do mundo. "A Copa e as Olimpíadas vão passar, mas o legado para a cidade e, especialmente, para o indivíduo vai permanecer."

O prefeito Sartori destaca que muitas obras em andamento poderão ser aproveitadas no mundial de futebol. Dentre elas, as melhorias do trânsito, transporte e mobilidade urbana, ampliação do aeroporto regional, projeto de longo prazo para abastecimento de água, construção de estações de tratamento de esgoto e asfalto.

Estádio da SER Caxias é indicado para treinos

O Estádio Francisco Stedile, popularmente chamado de Centenário, pré-selecionado pela FIFA para servir de campo de treinamento em Caxias do Sul, foi construído em 1976, no curto espaço de tempo de seis meses, para que a SER Caxias pudesse disputar a Série A do Campeonato Brasileiro. Atualmente o estádio está apto a receber 27,5 mil espectadores, que têm à disposição arquibancadas, cadeiras, camarotes, mezaninos e cabines de imprensa.

O clube acabou de concluir, no complexo do estádio, novo centro de treinamentos e refeitório com 120 lugares, onde investiu R$ 300 mil. Com três campos (dois de jogo e um específico para o treinamento dos goleiros), o CT, denominado de Baixada Rubra, amplia a infraestrutura para as equipes profissional e da base.

O próximo passo da atual diretoria presidida pelo empresário Osvaldo Voges, no comando do clube desde 2007, é a cobertura do estádio e construção de novos camarotes. O projeto faz parte de uma ampla alteração viária na frente do estádio. O clube cederá uma parte de sua área à prefeitura para ampliar uma das ruas que circundam o estádio. 

O ex-atacante da SER Caxias e atualmente empresário Washington Cerqueira, que disputou a Copa do Mundo de 2002 no Japão, se aposentou no Fluminense e agora é embaixador de Caxias na busca da indicação, pontuou os estádios e a infraestrutura da cidade como adequados ao Mundial. Citou, especialmente, o Instituto de Medicina do Esporte e Ciências Aplicadas da Universidade de Caxias do Sul como ponto importante para os atletas. Na área total de 20 mil m2 há a Clínica de Fisioterapia e o Laboratório do Movimento Humano, onde é possível reabilitar atletas de alto rendimento.


O Jornal do Comércio publica, até o dia 27 de maio, uma série de matérias com as 12 cidades gaúchas pré-selecionadas pela Fifa para receber delegações estrangeiras durante a fase preparatória para a Copa do Mundo de 2014. Em todo o País, foram indicadas 145 cidades, mas o número deve ser reduzido para 90 até dezembro. Veja nesta quarta-feira (18) a reportagem sobre Santo Antônio da Patrulha.

Leia também:

Canela confia na boa estrutura para ser escolhida pela Fifa

Novo Hamburgo qualifica hotéis para receber o Mundial

Pelotas é a representante da Metade Sul na Copa

Infraestrutura turística é vantagem de Gramado

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Institutos europeus dizem que Brasil ‘perdeu’ com Copa
Para membros da Fifa, o impacto real da Copa no Brasil apenas será conhecido em um prazo de cinco anos
Copa elevou percepção de demanda fraca em serviços
Para a Fundação Getulio Vargas (FGV), que apura o índice, este padrão "confirma o efeito negativo da paralisação parcial das atividades durante a Copa"
Visa divulga gastos com cartões em estádios e Fan Fest
No total, foram feitas 582,3 mil transações financeiras de 12 de junho a 13 de julho nas 12 cidades-sede do mundial
Segundo ANTT, 19 mil turistas chegaram ao País de ônibus na Copa
Os fretamentos internos somaram 6.869 viagens com destino às cidades-sede, o que representa 32% do total de deslocamentos interestaduais realizados no período do Mundial