Porto Alegre, quinta-feira, 21 de outubro de 2021.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
19°C
15°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
159159
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
159159
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
159159
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Copa 2014 Notícia da edição impressa de 13/05/2011

Novo Hamburgo qualifica hotéis para receber o Mundial

Jefferson Klein

PREFEITURA DE NOVO HAMBURGO/DIVULGAÇÃO/JC
Pelo histórico de colonização germânica, cidade dá preferência à seleção da Alemanha
Pelo histórico de colonização germânica, cidade dá preferência à seleção da Alemanha

Pré-selecionada pela Fifa para acolher uma delegação estrangeira durante a fase preparatória para a Copa do Mundo de futebol de 2014 no Brasil, Novo Hamburgo vive a expectativa de ser confirmada como uma das cidades escolhidas. E para esse desejo se materializar, o prefeito do município, Tarcísio Zimmermann, pretende estimular o segmento hoteleiro na região.

O dirigente admite que a cidade precisa de um complexo adequado às exigências de uma seleção de futebol. "Os estabelecimentos atuais são bons, mas necessitamos de algo mais reservado", aponta o prefeito. Segundo ele, a meta é atrair empreendedores para investir em novos complexos.

Zimmermann destaca que participar da movimentação cultural e econômica gerada pela Copa é uma aspiração da comunidade. Algumas ações já estão sendo realizadas para preparar a cidade para essa demanda. O município realiza hoje várias obras de saneamento básico e o sistema de iluminação pública será modernizado. Além disso, alguns projetos de revitalização urbana estão sendo negociados com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

De acordo com Zimmermann, ainda não foram assinados compromissos com a Fifa, isso deverá ocorrer em etapas futuras. Até o momento, o município apenas manifestou o desejo de receber uma delegação da Copa. "A fase mais decisiva vai começar", antecipa o dirigente. Ele lembra que houve a pré-qualificação das cidades e, a partir de agora, será exigida a comprovação da capacidade dos municípios. "Já estarmos dentro desse conjunto é muito importante", ressalta.

A prefeitura também focará o aprimoramento da rede de restaurantes e de serviços públicos, com ensinamento de idiomas estrangeiros para garçons, taxistas, entre outros profissionais. Apesar dessa iniciativa, Zimmermann salienta que Novo Hamburgo, devido à concentração de empresas exportadoras, possui muitos habitantes que dominam o inglês.

Até o próximo mês, o município deverá concluir ações de sinalização turística, com informações em português. Antes da Copa, esses dados deverão ser disponibilizados também em espanhol e inglês. Outra meta será aumentar o número de agentes especializados na área de turismo. Zimmermann relata que, até agora, não foram divulgados grandes investimentos motivados pela Copa. "Creio que esses projetos começarão a ser definidos em breve, não pode demorar muito", prevê o prefeito. Ele ressalta que se a cidade for escolhida como uma sede de delegação encontrará maiores facilidades para obter financiamentos públicos e investimentos privados.

Como atrações regionais para os turistas, o prefeito indica os museus, o bairro com características da imigração alemã (Hamburgo Velho - que será restaurado) e a área rural, que tem infraestrutura para a prática do turismo ecológico. Zimmermann afirma que qualquer seleção que vier a Novo Hamburgo será bem-vinda, entretanto, pelo histórico da colonização germânica, seria interessante acolher a seleção da Alemanha.

Estádio do Vale poderá receber até 12 mil pessoas

Em um cenário em que a mobilidade urbana é muito valorizada nos grandes centros, o fato do município de Novo Hamburgo ficar localizado há poucos quilômetros da Capital gaúcha (onde acontecerão os jogos da Copa no Estado) é um diferencial. Outro ponto positivo é a perspectiva de que a expansão do Trensurb seja concluída antes do torneio de futebol.

Segundo relatório de medição emitido pela Coordenação de Planejamento da Trensurb, as obras de ampliação da Linha 1 do metrô até Novo Hamburgo completaram neste mês de maio 77,29% de sua execução. O empreendimento é dividido em duas etapas e a previsão de operação comercial na primeira fase é para o mês de agosto. No total, o projeto prevê mais 9,3 quilômetros, atingindo 43 quilômetros de extensão, de Porto Alegre a Novo Hamburgo.

Outra estrutura que pode ser aproveitada durante o torneio de futebol de 2014 como centro de treinamento é o estádio do Vale. O gerente de futebol do Esporte Clube Novo Hamburgo, Sandro Blum, informa que o complexo, que recebe jogos do time desde 2008, ainda está em construção. Atualmente, o estádio registra uma capacidade para 6 mil torcedores e, quando finalizado, terá 12 mil lugares. O dirigente detalha que o complexo possui campo de treinamento, academia, departamento de fisioterapia, 26 cabines de imprensa, além de outros serviços. "Se uma delegação da Copa vier para cá, trará uma ótima visibilidade para o clube e para a cidade", prevê Blum.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-NH) de Novo Hamburgo, Remi Carasai, concorda que o município só tem a ganhar com a recepção de uma seleção. Ele recorda que hoje a cidade concentra mais de 10 mil lojistas que podem ser beneficiados com o evento. Carasai adianta que a CDL-NH fará uma ação para conscientizar os comerciantes a praticarem um "preço competitivo" e quanto à relevância de os estabelecimentos serem decorados e os estoques preparados. "Vamos trabalhar também com a questão do calçado, já que Novo Hamburgo é a capital nacional desse produto", acrescenta o dirigente.

O Jornal do Comércio publica, até o dia 27 de maio, uma série de matérias com as 12 cidades gaúchas pré-selecionadas pela Fifa para receber delegações estrangeiras durante a fase preparatória para a Copa do Mundo de 2014. Em todo o País, foram indicadas 145 cidades, mas o número deve ser reduzido para 90 até dezembro. Veja na próxima segunda-feira (16) a reportagem sobre o município de Canela.

Leia também:

Pelotas é a representante da Metade Sul na Copa



COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Institutos europeus dizem que Brasil ‘perdeu’ com Copa
Para membros da Fifa, o impacto real da Copa no Brasil apenas será conhecido em um prazo de cinco anos
Copa elevou percepção de demanda fraca em serviços
Para a Fundação Getulio Vargas (FGV), que apura o índice, este padrão "confirma o efeito negativo da paralisação parcial das atividades durante a Copa"
Visa divulga gastos com cartões em estádios e Fan Fest
No total, foram feitas 582,3 mil transações financeiras de 12 de junho a 13 de julho nas 12 cidades-sede do mundial
Segundo ANTT, 19 mil turistas chegaram ao País de ônibus na Copa
Os fretamentos internos somaram 6.869 viagens com destino às cidades-sede, o que representa 32% do total de deslocamentos interestaduais realizados no período do Mundial