Porto Alegre, domingo, 08 de dezembro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
26°C
33°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1440 4,1460 1,02%
Turismo/SP 4,1400 4,3900 0,85%
Paralelo/SP 4,1500 4,3800 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
297065
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
297065
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
297065
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Expointer Notícia da edição impressa de 09/08/2010

Fabricantes de máquinas esperam repetir recorde

Ana Esteves

Gilmar Luís/Arquivo/JC
Bier acredita em venda recorde de máquinas da Expointer
Bier acredita em venda recorde de máquinas da Expointer

Depois de bater um recorde de faturamento na Expointer 2009, quando alcançou R$ 795 milhões em vendas, o setor de máquinas mantém o otimismo para a feira deste ano, com expectativa de pelo menos repetir os resultados do ano passado. A manutenção do programa Mais Alimentos, do Programa de Sustentação do Investimento (PSI) e a recente reação dos preços da soja são apontados como principais fatores para o bom desempenho.

O presidente do Sindicado da Indústria de Máquinas do Rio Grande do Sul (Simers), Cláudio Bier, disse que o aumento do teto individual do Mais Alimentos para R$ 130 mil e a possibilidade de formar grupos para financiamentos com crédito de até  R$ 500 mil devem incentivar ainda mais a compra de maquinário agrícola. A expectativa em relação ao incremento nas vendas de máquinas durante a Expointer 2010 levou a entidade a pedir ampliação dos espaços destinados aos expositores. “No ano passado 30 empreendimentos ficaram de fora, mas para esta edição conseguimos acomodar todos”, comemorou Bier. A feira deste ano contará com 131 expositores de máquinas e implementos agrícolas.

A John Deere está apostando forte nos lançamentos que serão apresentados durante a mostra de Esteio. “Temos uma série de produtos novos e uma colheitadeira que se enquadra no Mais Alimentos”, afirma o diretor de vendas, Werner Santos.  O dirigente afirmou que a manutenção do PSI até dezembro deste ano tem levado muitos agricultores a antecipar as compras. “É preciso aproveitar as taxas de juros reduzidas, fixadas em 5,5% ao ano”, destaca. O diretor comercial da New Holland, Luis Feijó, compara o cenário atual com o do ano passado. “Se em 2009, quando estávamos saindo da crise, as vendas foram boas, mas a tendência agora é melhorar ainda mais, tanto em tratores quanto em colheitadeiras.” Conforme a Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), as vendas de máquinas agrícolas cresceram 51,7% em todo o País durante o primeiro semestre de 2010, em comparação a igual período em 2009. E Feijó acredita que no segundo semestre o mercado deva crescer 20% a 25% em vendas.

No primeiro semestre, o setor vendeu 34.982 máquinas agrícolas, ante 23.058 registradas no primeiro semestre de 2009, quando a crise internacional limitava as vendas internas. A demanda por tratores de pequeno porte, que alimentaram o comércio no ano passado, continuou alta, com incremento acima da média para as máquinas maiores. As colheitadeiras tiveram alta de 57%. Para continuar elevando as vendas no segundo semestre, a indústria terá de distribuir mais de 32.254 máquinas até dezembro, marca atingida nesse período em 2009.

“Chegamos com boas expectativas para a Expointer. O movimento nos mercados interno e externo nos deixa otimista e por isso trabalhamos com a manutenção dos bons resultados obtidos durante o primeiro semestre do ano para o restante de 2010”, afirma o diretor de marketing da AGCO para América do Sul, Fabio Piltcher. O otimismo, segundo ele, é reforçado pelos números obtidos pelas concessionárias Massey Ferguson neste primeiro semestre. Nos seis meses foram comercializados 8.890 tratores, alta de 57,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Na Valtra, outra marca da AGCO, o coordenador comercial João Luiz Ribeiro da Silva concorda que o momento é favorável para o setor de máquinas e diz que, apenas no primeiro semestre de 2010, a empresa teve um incremento de 25% em vendas, puxado também pelo Mais Alimentos. “Estamos com modelos de alta especialização”, reforça.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Os ovinos na Expointer 2015 totalizam 862 exemplares
Primeiros animais da Expointer chegam ao parque Assis Brasil
Ernani Polo destacou que a estrutura do parque foi completamente recuperada
Governo do Estado lança 38ª edição da Expointer
Tarso Genro destacou o período de destaque vivido pelo agronegócio
Expointer 2014 pretende movimentar R$ 3,3 bilhões
Tarso Genro celebra a abertura da 37ª Expointer
Governo do Estado lança a 37ª edição da Expointer