Porto Alegre, domingo, 18 de agosto de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
14°C
8°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0030 4,0050 0,37%
Turismo/SP 3,9500 4,1600 0,47%
Paralelo/SP 3,9600 4,1700 0,47%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
525767
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
525767
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
525767
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR
Repórter Brasília Edgar Lisboa
edgarlisboa@jornaldocomercio.com.br

Repórter Brasília

Coluna publicada em 27/05/2010

Menor movimentação nos portos

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) divulgou o Anuário Estatístico Portuário 2009. Logo na abertura, os técnicos descrevem que o ano passado foi marcado pelo decréscimo nas operações dos portos e terminais privativos brasileiros, com queda de 4,6%, em relação a 2008. A Antaq atribui a diminuição no movimento à crise financeira internacional. A baixa diversificação de mercadorias nos portos, também contribui para desaquecer a movimentação portuária, em tempos de crise econômica. "As 10 principais mercadorias movimentadas no País representaram 80% do total", descreve o anuário da Antaq. O produto mais movimentado nos portos brasileiros é o minério de ferro (36%), seguido por combustíveis e óleos minerais (23%), soja (4%), bauxita (3%) e açúcar (3%).

Vontade própria

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) isentou a Sousa Cruz de pagar indenização por danos morais, em duas ações, a tabagistas que tiveram problemas de saúde. No caso divulgado pela nota do STJ, ontem, a família de um homem do Rio Grande do Sul, que começou a fumar aos 12 anos e morreu aos 40 anos com câncer no pulmão, entrou com ação alegando que a doença teria surgido devido ao tabagismo. "O desembargador Honildo Amaral Castro (foto), ao analisar os dois pedidos, não reconheceu o surgimento das doenças exclusivamente ligado ao tabagismo, além de não aceitar as alegações de que os fumantes desconheciam os malefícios do cigarro, já que começaram a fumar por vontade própria", divulgou o STJ.

Movimento hetero

O deputado peemedebista Eduardo Cunha (RJ) quer que a discriminação contra heterossexuais vire crime e que o governo determine políticas públicas antidiscriminatórias específicas. Segundo deputado, "não se pode esquecer, no entanto, que maiorias também podem ser vítimas de discriminação". O projeto de lei foi protocolado na Câmara dos Deputados.

Cinema interativo

Lançado em 2008, o filme-jogo A Gruta é uma das primeiras experiências de cinema interativo no Brasil. Depois de suas exibições iniciais, que introduziram a interatividade em salas dos principais festivais de cinema do Brasil, o filme foi lançado com seus recursos para ser assistido via internet através do youtube (www.youtube.com/filmejogo). Agora, os diretores de A Gruta esperam repetir o sucesso das suas exibições interativas também no iPhone. Graças a uma parceria com a Kazap, de São Paulo, o filme brasiliense foi transformado em um aplicativo para o iPhone. "A parceria com a desenvolvedora Kazap foi fundamental para distribuirmos o filme em plataformas móveis", afirma o diretor gaúcho Érico Cazarré.

COMENTÁRIOS
Paulo A. Gazzana - 27/05/2010 - 13h24
VONTADE PRÓPRIA: Então os traficantes de outras drogas deveriam indenizar suas vítimas e, as vítimas, indenizar a sociedade pela despesas que causam. Os governos, deveriam indenizar a população porque cobram antecipadamente por serviços que prometem mas não entregam. E por aí vai... Viciados em drogas (fumo, álcool, maconha, crack e outros) nem deveriam ser atendidos pela rede de saúde pública, o que faria sobrar mais recursos para os cidadãos honestos, trabalhadores que fazem esse país ir progredir, apesar dos políticos e dos viciados.

imprimir IMPRIMIR
COLUNAS ANTERIORES
Golpe e corrupção
A sessão desta quinta-feira na Câmara deverá ser marcada principalmente por duas palavras: golpista e corrupto
Depósitos judiciais
Está sendo discutido no Supremo Tribunal Federal (STF) o uso de depósitos judiciais para pagar despesas públicas
Estatuto do Desarmamento
A comissão especial que trata do projeto de lei que revoga o Estatuto do Desarmamento deve votar o relatório do deputado Laudívio Carvalho (PMDB-MG) hoje
Brasil chinês
A Câmara dos Deputados aprovou a urgência na tramitação do projeto de lei que regula a compra de terras brasileiras por estrangeiros