Porto Alegre, terça-feira, 22 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
15°C
24°C
13°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1300 4,1320 0,29%
Turismo/SP 4,0900 4,3420 0,50%
Paralelo/SP 4,1000 4,3400 0,69%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
163899
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
163899
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
163899
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

Turismo Notícia da edição impressa de 19/04/2010

Hotéis econômicos devem investir em atendimento

Serviços ganham peso como um diferencial competitivo

Erik Farina

Fredy Vieira/JC
Copa do Mundo será benéfica por trazer obras de infraestrutura, destaca Chieko
Copa do Mundo será benéfica por trazer obras de infraestrutura, destaca Chieko

Os hotéis de categoria econômica, cada vez mais popularizados no Brasil, devem investir na qualidade do atendimento como diferencial para atrair clientes e ampliar sua rentabilidade. Na opinião da presidente do Conselho de Administração da rede Blue Tree Hotels, Chieko Aoki, o perfil da rede hoteleira brasileira tem sido a diversificação, e cada vez mais os serviços ganham peso como um diferencial competitivo.

“O Blue Tree, por exemplo, tem focado cada vez mais no treinamento e na consolidação da cultura do atendimento entre os funcionários”, disse Chieko, que participou de debate com o tema O perfil da nova liderança, em encontro organizado pelo Amcham Business Center no teatro do CIEE na sexta-feira passada, em Porto Alegre.

A executiva esclarece que muitos atributos intangíveis do setor hoteleiro pesam para a satisfação do hóspede, ao fazê-lo se sentir em casa e com a cordialidade que sempre é bem-vinda. “Não é por que um hotel é econômico que não precisa ter serviços, muito pelo contrário, podemos sim multiplicar serviços que não geram custos”, comentou.

A gestão do Blue Tree tem conceitos de atendimento em todas suas frentes, das ações de marketing aos compromissos passados aos colaboradores. A rede tem o slogan Nossa Casa é Sua Casa, e o cargo de gerente é nominado de Gerente Anfitriã. Os treinamentos vão além da parte técnica e de procedimentos, abordando a valorização dos clientes, desde um simples envio de e-mail com linguagem mais cordial até um telefonema interno, buscando a relação constante.

Além da atenção ao atendimento, a rede aposta na estratégia de expansão para aproveitar o bom momento vivido pelo setor do turismo brasileiro, inclusive se preparando para os grandes eventos esportivos que serão promovidos no País: a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.

Neste ano, a companhia abrirá dez hotéis no País. O Rio Grande do Sul não receberá nova estrutura, mas os demais estados da região Sul devem ser alvos de investimentos. A rede possui três hotéis no Estado, sendo dois em Porto Alegre (Blue Tree Millenium e Blue Tree Towers) e um em Caxias do Sul (Blue Tree Towers Caxias do Sul). No Brasil, são 25 hotéis, além de dois no exterior.

Chieko acredita que a Copa será benéfica ao turismo por trazer mais obras de infraestrutura em estradas e aeroportos e ampliar o treinamento de profissionais que atuam no receptivo, além de um maior investimento em qualidade e nos processos dos hotéis, gerando um efeito permanente. “Teremos uma grande oportunidade para trabalhar e profissionalizar um dos nossos pontos fortes: a cordialidade”, acrescenta. Neste ano, a rede espera obter um crescimento de 15% na ocupação, embora este número já esteja sendo superado em algumas ocasiões.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Lemanski desembolsou R$ 3 mil em cursos de formação no Senac
Guias de turismo buscam maior valorização
Zorzanello valoriza a gastronomia como atração da Festuris
Turismo desperta para o potencial da gastronomia
Financiamento é opção para quem quer viajar
Para movimentar o turismo, governo federal articula linhas de crédito para pessoas físicas junto ao sistema financeiro
Apaixonado por viajar, Shimosakai criou a Turismo Adaptado, que oferece atendimento especializado
Acessibilidade ainda desafia o trade turístico