Porto Alegre, quinta-feira, 09 de julho de 2020.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
13°C
19°C
7°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 5,5230 5,5250 1,61%
Turismo/SP 4,7300 5,8120 0,44%
Paralelo/SP 4,7400 5,6700 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
145246
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
145246
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
145246
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

empresas 24/09/2015 - 11h33min

Empresas de internet faturaram R$ 120,5 bilhões em 2014, aponta estudo da Abranet

As empresas de internet brasileiras faturaram R$ 120,5 bilhões no ano passado, montante 12% maior do que o do ano anterior, de acordo com dados da Receita Federal compilados pela Associação Brasileira de Internet (Abranet).

Segundo o estudo, divulgado nesta quinta-feira (24) o faturamento do setor representa 1,45% dos R$ 8,28 trilhões de faturamento de todas as empresas brasileiras. O resultado do segmento é maior do que quase 80% dos setores da economia.

A maior parte das empresas de internet no Brasil é de microempresas, com faturamento anual de até R$ 360 mil. Os dados apontam que 79,2% de todo o faturamento do setor concentra-se em empresas de tecnologia da informação. O número de estabelecimentos aumentou quase 8% em relação a 2013 e terminou o ano em 139.733, dos quais mais de 90% são de tecnologia da informação e 8,5% do setor de comunicação.

O segmento de comunicação tem 26% da força de trabalho contra 74% do setor de tecnologia da informação. De acordo com o estudo, as empresas de internet geram mais de 19 mil novos postos de trabalho por ano. Em média, a folha de salários representa 12,4% do faturamento das empresas. O salário médio das empresas de internet é de R$ 3,1 mil - mais do que quatro salários mínimos.

O crescimento dos impostos pagos pelas empresas de internet tem sido maior do que o ritmo da arrecadação total da Receita, segundo a pesquisa. Enquanto o segmento pagou quase 17% a mais de impostos, a arrecadação total subiu 4,36% no ano passado.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Órgão regulador dos EUA diz que francesa Total manipulou mercado de gás natural
A Comissão Regulatória de Energia dos EUA acusou a petroleira francesa Total de manipular o preço do gás natural no sul do país entre junho de 2009 e junho de 2012
Multinacionais devem ter piores resultados no Brasil em mais de uma década
De fato, mais de uma em cada cinco empresas que integram o S&P 500 citaram o desempenho do Brasil em suas teleconferências mais recentes sobre resultados trimestrais
Volkswagen pede desculpas por violação de regras de poluição
A agência disse que software fez com que cerca de 482 mil carros a diesel parecessem emitir menos gás do que fato faziam ao ser testados
Marcopolo cancela juros sobre capital próprio
A companhia informou ao mercado que decidiu cancelar o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) de R$ 0,0243 por ação, num total de R$ 21 milhões, referente ao terceiro trimestre