Porto Alegre, quinta-feira, 17 de outubro de 2019.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
20°C
27°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1310 4,1330 0,57%
Turismo/SP 4,1200 4,3700 0,27%
Paralelo/SP 4,1300 4,3600 0,22%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral / Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas
ASSINE  |  ANUNCIE  
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
174516
Repita o código
neste campo
 
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
174516
Repita o código
neste campo
 
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]  
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
174516
Repita o código
neste campo
 
 
imprimir IMPRIMIR

campeonato brasileiro 20/09/2015 - 20h46min

Cruzeiro vence, respira e manda a Chapecoense para zona de rebaixamento

O Cruzeiro conquistou neste domingo uma importante vitória na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Derrotou a Chapecoense por 2 a 0, fora de casa, e abriu dois pontos de distância da degola. O time catarinense, no entanto, acumulou oito jogos consecutivos sem vencer e fechou a 27ª rodada entre os quatro piores - é o 17º, com 31 pontos. A equipe mineira está no 13º lugar, com 33.

Com um trio de atacantes, o Cruzeiro impôs o ritmo de jogo desde o início e abriu o placar logo aos 11 minutos de partida. Mas não foi nenhum dos homens de frente que fez o primeiro. O lateral-direito Fabiano bateu de longe, a bola desviou no gramado e enganou o goleiro Danilo: 1 a 0.

A Chapecoense equilibrou a partida, mas não conseguia dar trabalho ao goleiro Fábio. Levou o segundo aos 23 em uma infelicidade de Rafael Lima. Willian cobrou falta na área pelo lado esquerdo e o zagueiro desviou contra a própria meta. Com os 2 a 0 no placar, a Chapecoense ainda demorou para criar uma boa chance. A primeira veio aos 37 minutos. William Barbio arrancou pela direita, deu o drible da vaca em Fabiano e cruzou em direção a Bruno Rangel. O goleiro Fábio, no entanto, saiu bem para cortar de soco.

A jogada acordou os torcedores e a Chapecoense passou a dominar o final do primeiro tempo. No último minuto, os anfitriões quase diminuíram com um golaço. Após cruzamento na área, Bruno Silva mandou de bicicleta e acertou a trave direita de Fábio.

O técnico Guto Ferreira voltou com duas alterações para o segundo tempo. Camilo e Wagner entraram nos lugares de Gil e Tiago Luis. No entanto, a equipe se mostrava ansiosa para reagir no jogo e cometia muitos erros de passes. William Barbio continuava como principal referência e incomodava o Cruzeiro em jogadas pela direita, mas sem assustar o goleiro Fábio.

Recuado, o Cruzeiro ainda conseguiu se complicar na metade da final, quando Willians cometeu falta em Camilo e recebeu o cartão vermelho. Mano Menezes tratou de fechar mais o time com a entrada de Uillian Correia no lugar de Ariel Cabral. A Chapecoense passou a pressionar e Barbio, sempre ele, perdeu duas chances. Na primeira, cabeceou livre para fora e, na outra, tocou de calcanhar com perigo.

O Cruzeiro se defendia bem e não deixava os anfitriões chegarem perto de sua meta. Na base do desespero, a Chapecoense abusava das bolas alçadas à área, sem oferecer o menor perigo ao adversário e por isso terminou a rodada na zona de rebaixamento.

A equipe de Chapecó volta suas atenções agora para a Copa Sul-Americana. Na quinta-feira, visitará o Libertad, do Paraguai, no jogo de ida das oitavas de final. O Cruzeiro tem a semana para trabalhar e volta a campo apenas no domingo, quando receberá o Coritiba no Mineirão, pela 28ª rodada do Brasileiro.

COMENTÁRIOS
Nenhum comentário encontrado.

imprimir IMPRIMIR
TEXTOS RELACIONADOS
Coritiba vence clássico contra Atlético-PR e deixa zona de rebaixamento
Com o resultado, o Coritiba -que conquista a terceira vitória em cinco jogos- chega a 33 pontos
Vasco bate Sport no Maracanã, segue reação e deixa lanterna após 9 rodadas
Time cruzmaltino venceu o Sport por 2 a 1 -gols de Nenê e Rafael Vaz - e assim deixou a lanterna do Brasileiro depois de nove rodadas
São Paulo perde para o Avaí e cai para o 5º lugar do Brasileirão
O São Paulo ainda não definiu sua cara na reta final do Campeonato Brasileiro
Atlético-MG goleia Flamengo mais uma vez e segue em busca do Corinthians
O Atlético-MG entrou em campo para enfrentar o Flamengo sabendo o resultado do Corinthians no clássico com o Santos